Quem são os ancestrais do crocodilo?

Escrito por janet winikoff | Traduzido por lucas borges
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quem são os ancestrais do crocodilo?
Crocodilos vivem na Terra por mais de 200 milhões de anos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os crocodilos são animais incríveis. De acordo com uma entrevista em 2003 da "NOVA" com o cientista James Perran Ross, estes répteis vivem na Terra há 200 milhões de anos e superaram os dinossauros em 65 milhões de anos. Ninguém entende perfeitamente como os crocodilos sobreviveram enquanto seus companheiros pré-históricos morreram, mas estudando crocodilos modernos e olhando para os ossos e fósseis de seus ancestrais, os cientistas estão rapidamente ganhando pistas importantes.

Outras pessoas estão lendo

"Super Croc"

O jornalista Michael D. Lemonick publicou na edição de 09 de novembro de 2009 da "Time" que o paleontólogo da Universidade de Chicago Paul Sereno descobriu crocodilos que viviam em zonas úmidas pré-históricas do Saara há 100 milhões de anos. Foi neste local incomum que Sereno encontrou um único exemplar de Sarcosuchus imperator, um réptil temível, medindo 12 metros de comprimento e pesando de 8 a 10 toneladas. Sereno deu a seu exemplar Sarchosuchus imperator o nome formidável de "Super Croc ".

O alojamento de um crocodilo

De acordo com Sereno, o nosso mundo pré-histórico foi preenchido com um "zoológico virtual" de crocodilos antigos, além do "Super Croc" que habitavam uma multiplicidade de ecossistemas. A história da "The Times" em novembro de 2009, por Hannah Devlin, informou que os outros fósseis pré-históricos de crocodilos descobertos por Sereno eram mais variadas em físico, comportamento e dieta do que os crocodilos vistos hoje. Como o "Super Croc", os paleontologistas atribuíram-lhes apelidos humorísticos como "Boas Croc", "Rat Croc", "Duck Croc" e "Pancake Croc", de modo a descrever as características físicas distintas de cada animal.

Crocodilos de todas as formas e tamahos

Crocodilos antigos vieram de todas as formas e tamanhos. Alguns até ficavam em pé e podiam correr. O artigo de Lemonick revela que o "Boar Croc (Kaprosuchus saharicus) foi o que Sereno chamou de "cortador de dinossauro", medindo 6 metros de comprimento, com três conjuntos de dentes. O "Rat Croc" (Araripesuchus rattoides) possuía 1 metro de comprimento e alimentava-se de raízes e larvas. O "Duck Croc" (Anatosuchus menor) também tinha apenas 1 metro, mas ficava em pé e comia peixes, sapos e larvas. Um que fora nomeado pela forma de sua cabeça e não por sua preferência alimentícia, o "Pancake Croc" (Crocodilo Panqueca), Laganosuchus thaumastos, de 6 metros de comprimento, era um animal atarracado que, provavelmente, jantou várias criaturas subaquáticas.

Raízes australianas

Em junho de 2006 foi informado que crocodilos modernos, jacarés, caimans e gharials são descendentes de crocodilos pré-históricos australianos, em vez de criaturas antigas que viveram nos Estados Unidos, Inglaterra e Bélgica. Dr. Paulo Wilson da Universidade de "New South Wales" explicou que crocodilos modernos são mais estreitamente relacionados a um espécime fossilizado encontrado em Isisford, Austrália. Nomeado como "Isisfordia duncani", o fóssil contém articulações redondas e de encaixe entre as vértebras, que se assemelham com os crocodilos contemporâneos. Segundo Wilson, "O nosso é o grande pai dos crocodilos".

Quem são os ancestrais do crocodilo?
"O pai dos crocodilos" (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível