Áreas de Pulgas & Carrapatos nos Cães

Escrito por erin pochman
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Áreas de Pulgas & Carrapatos nos Cães
(dogs in the grass image by Lars Christensen from Fotolia.com)

As pulgas têm corpos achatados, bocas que perfuram e sugam, e pernas que são adaptadas para rápido movimento e para saltar. As pulgas adultas podem sobreviver fora do seu hospedeiro durante várias semanas. Carrapatos são duas a três vezes maiores do que uma pulga, com corpos achatados e cabeças pequenas que eles usam para se esconder debaixo da pele de seus hospedeiros. Ambos os insetos transmitem doenças e fixam residência nos cães. Esteja atento às áreas onde verificar se há pulgas e carrapatos nos cães.

Outras pessoas estão lendo

Pêlo

A inspeção cuidadosa do pêlo de seu cão fornecerá pistas sobre a presença de pulgas e carrapatos. Use um pente para pulgas ou seus dedos para procurar pequenas manchas pretas, que são na verdade fezes de pulga. Passe os seus dedos sobre o pêlo de seu cão à procura de saliências que podem variar do tamanho de uma cabeça de alfinete minúsculo até o tamanho de uma uva. Estas saliências poderiam ser na verdade carrapatos. Tenha muito cuidado ao retirar o carrapato, pois partes do inseto podem ser deixadas para trás. É melhor que a remoção seja feita por um profissional.

Pele

Examine a pele de seu cão em busca de quaisquer feridas vermelhas, manchas onde a pele esteja com escamas. De acordo com o Professor P.G. Koehler, do Departamento de Entomologia e Nematologia da Universidade da Flórida, a pulga de gato é a espécie de pulga mais importante nos Estados Unidos e ataca gatos e cães. Esta pulga injeta saliva em seu cão, o que irrita a pele, deixando manchas vermelhas ou erupções. Mais uma vez, examine cuidadosamente a pele quanto a todo tipo de inchaços que podem ser carrapatos.

Orelhas

Verifique as orelhas de seu cão quanto a qualquer sinal de pulgas e carrapatos. As orelhas são alvos principais para esses insetos, pois a área é úmida e as dobras da pele fornecem vários locais de esconderijo. Cuidadosamente inspecione cada sulco no canal da orelha do seu cão, à procura de sangue fresco ou seco. Você pode até ver o inseto em si.

Local para dormir

É comum que as pulgas e carrapatos vivam na cama do seu cão. Examine cuidadosamente a cama à procura de algo parecido com um pó marrom. Isso não é sujeira, são fezes de pulgas. Uma maneira fácil de confirmar esse diagnóstico é desfazer a "sujeira" com um papel toalha. Fezes de pulga ficarão vermelhas porque elas ingeriram sangue de seu hospedeiro.

Meio ambiente a céu aberto

Pulgas e carrapatos infestam coiotes, raposas, guaxinins, roedores, gambás, coelhos e furões. Se qualquer um desses animais selvagens vagueiam perto de sua casa, as pulgas podem estar presentes em seu meio ambiente. Estes insetos preferem principalmente áreas que sejam quentes, sombreadas e úmidas. Eles podem viver em resíduos, como sujeira, folhas, palha e grama. Examine cuidadosamente o pêlo do seu cão e a pele após ele ter ido a um local ao ar livre ou ter ficado próximo de outros cães que podem ter ido a um local ao ar livre.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível