Atividades terapêuticas para quebrar o gelo

Escrito por mary pletcher | Traduzido por rodrigo gammaro alves nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Atividades terapêuticas para quebrar o gelo
Atividades que quebram o gelo ajudam os participantes do grupo a se sentirem confortáveis (Paul Sutherland/Digital Vision/Getty Images)

Em terapias de grupo, há técnicas específicas que permitem que o grupo crie laços e desenvolva um nível de conforto e explore seus recursos. Atividades para quebrar o gelo são especialmente importantes no começo de uma terapia de grupo. Elas permitem que os membros se conheçam e explorem seus sentimentos de uma maneira não ameaçadora.

Outras pessoas estão lendo

O jogo do nome

Atividades que quebram o gelo e permitem que o grupo se conheça são importantes no início de uma terapia. Para os membros de um grupo novo, conhecer os nomes uns dos outros e seus interesses pelo jogo dos nomes, os ajudam a quebrar barreiras. Para jogar, a primeira pessoa diz seu nome e um adjetivo para se descrever que comece com a mesma letra, assim como "André, aventureiro". A segunda pessoa repete o nome da primeira e acrescenta o seu próprio. O processo continua em círculo até que a última pessoa repita os nomes e adjetivos de todos. Os adjetivos escolhidos ajudam a animar os humores e a repetição encoraja os participantes a olhar e se lembrar uns dos outros.

Tecendo uma rede

Para tecer uma rede, comece com uma bola de lã. Role a bola de pessoa a pessoa, sendo que cada uma delas deve dizer o nome da seguinte antes de passá-la adiante. Isso não apenas as mantém em movimento como também conta como trabalho em equipe: a lã forma uma rede que os integrantes do grupo tem que desembaraçar juntos. Atividades que quebram o gelo e mantêm o grupo ativo e em movimento servem a um duplo propósito. Não apenas os ajudam a se conhecerem, mas mantêm suas mentes e corpos trabalhando enquanto atraem os participantes para a atividade.

Reunião animal

Comece vendando cada participante. Escolha quatro ou mais animais (dependendo do tamanho do grupo) e sussurre o nome de um animal no ouvido de cada um. Eles não podem falar, mas imitar os sons de seus respectivos animais. Podem caminhar pela sala, tentar achar outros animais que fazem o mesmo som até que todos os grupos de animais iguais estejam juntos. Atividades engraçadas podem ajudá-los a relaxar antes de se engajar no trabalho da terapia.

Círculos de bateria

Um círculo de bateria ou um "egg shaker pass" pode manter as pessoas em contato com o grupo de uma nova maneira enquanto criam músicas juntas. Para começar o círculo básico, distribua as baquetas e outros instrumentos de percussão. O líder deve escolher um ritmo para o grupo seguir ou você pode permitir que o grupo encontre seu próprio ritmo. Um "egg shaker pass" é mais complicado. Cada um tem um chocalho para sacudir antes de passar para o próximo. O andamento aumenta até que alguém derrube algum chocalho ou que todos os chocalhos terminem com uma só pessoa, o que faz todos rirem e os deixa preparados para algo novo. Música é uma poderosa ferramenta de cura, e usá-la para quebrar o gelo dá o tom.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível