Como aumentar eosinófilos em recém-nascidos

Escrito por joel le blanc | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aumentar eosinófilos em recém-nascidos
Eosinófilos baixos em recém-nascidos pode indicar infecção ou alergias (newborn image by jodi mcgee from Fotolia.com)

Os eosinófilos são um tipo de glóbulos brancos sanguíneos responsáveis pela produção de histamina e pela resposta a vírus, bactérias e alérgenos no corpo. É comum uma pessoa possuir uma contagem elevada de eosinófilos, já possuir uma quantidade baixa é muito menos frequente. A contagem baixa de eosinófilos é conhecida como eosinopenia. Um paciente bebê pode receber vários tratamentos com a orientação de um profissional de saúde. Esses tratamentos podem ajudar a aumentar os eosinófilos em seu bebê.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Extrato de raiz de echinácea (à base de glicerina)
  • Bactéria probiótica infantil

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Determine a causa da contagem baixa de eosinófilos com a ajuda de seu médico. Um estudo publicado na revista médica "Allergy" em 2007 explorou várias causas relatadas de contagem baixa de eosinófilos, incluindo infecções bacterianas e virais, alergias, drogas esteroides, reações medicamentosas e estresse emocional. Dependendo da causa de eosinófilos baixos, o seu bebê pode necessitar de atenção médica urgente.

  2. 2

    Use ervas para ajudar o sistema imune. A raiz de echinácea contém bastante substâncias que aumentam naturalmente os glóbulos brancos no corpo, reduzem a inflamação e purificam o sangue. Se o seu bebê está sofrendo com uma infecção ou alergia, ele pode se beneficiar da echinácea. Kerry Bone, o autor de "O guia clínico de misturas de ervas líquidas", diz que a echinácea em uma base de glicerina vegetal líquida é segura para o uso em crianças assim como em mulheres grávidas e amamentadoras. Bone diz que a dose recomendada para um bebê é duas gotas de extrato líquido de echinácea por dia.

  3. 3

    Realize testes de alergia para determinar as alergias ou hipersensibilidades alimentares e ambientais. Alguns estudos de caso encontraram baixas contagens de eosinófilos em pessoas sofrendo com asma, rinite, urticária e alergias. Um médico ou um naturopata pode fazer testes alérgicos usando uma análise do cabelo. Se um ou ambos os pais sofrem com asma, eczema, rinite ou outras alergias, eles podem passar essas doenças para as crianças.

  4. 4

    Dê probióticos para ajudar o sistema imune e reduzir as alergias. Os probióticos são bactérias benéficas que vivem naturalmente no sistema digestivo humano. A suplementação com essas bactérias na forma de pó ou cápsulas pode ajudar a melhorar digestão, reduzir a hipersensibilidade alimentar, reduzir alergias e melhorar a função imune. Você pode comprar fórmulas probióticas especiais para bebês em farmácias e misturar no leite, adicionar ao iogurte ou colocar no mamilo ou no dedo e passar para o bebê.

Dicas & Advertências

  • Consulte um profissional de saúde antes de combinar medicamentos prescritos com remédios naturais, pois isso pode causar reações indesejadas.
  • Alguns tipos de probióticos contêm lactose. Compre uma fórmula probiótica livre de laticínios se você suspeita que o seu bebê pode ser intolerante à lactose.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível