Baqueteamento dos dedos e doença cardíaca

Escrito por wanda lockwood | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Baqueteamento dos dedos e doença cardíaca
Com o baqueteamento, as pontas dos dedos se tornam arredondadas e bulbosas (Photo 1 by Deshirinkia WC-CC 3.0, Illustration by WC Lockwood, Photo 2 by WC Lockwood)

Com o baqueteamento, as pontas dos dedos, além da última articulação, se tornam arredondadas e bulbosas, e o ângulo das bases ungueais se torna mais convexo. A razão para o baqueteamento não é totalmente conhecida, mas pode se relacionar a alterações químicas ou à falta de oxigênio suficiente. Além disso, uma anormalidade genética causa baqueteamento benigno em algumas pessoas. Entretanto, a maioria dos baqueteamentos é evidência de doença pulmonar (como fibrose cística ou câncer de pulmão), doença gastrointestinal (como doença de Crohn ou cirrose) ou doença cardíaca.

Outras pessoas estão lendo

Desenvolvimento

À medida em que o baqueteamento se desenvolve, o leito ungueal se torna mole e o ângulo na base da unha (ângulo de Lovibond), que deve ser ligeiramente côncavo em cerca de 165 graus, começa a se achatar para 180 graus ou mais, enquanto a ponta do dedo engrossa e se alarga, dando ao dedo a aparência de uma baqueta. Com o tempo, a unha pode se tornar enrugada e assumir uma aparência polida.

Baqueteamento dos dedos e doença cardíaca
O ângulo na base ungueal, que deve ser ligeiramente côncavo em cerca de 165 graus, começa a se achatar em 180 graus ou mais

Sinal de Schamroth

O sinal de Schamroth é uma indicação de baqueteamento. De acordo com os doutores K.A. Myers e D.R.E. Farquhar, no capítulo 14 do livro "Clinical Examination: Evidence-Based Clinical Diagnosis" ("Exame Clínico: Diagnóstico Clínico Baseado em Evidências", em tradução livre), basta simplesmente colocar os mesmos dedos das mãos em oposição. O espaço entre a extremidade articular do dedo e a ponta do dedo deverá criar a forma de um diamante, mas essa forma desaparece com o baqueteamento.

Baqueteamento dos dedos e doença cardíaca
O espaço entre a extremidade articular do dedo e a ponta do dedo deverá criar a forma de um diamante, mas essa forma desaparece com o baqueteamento

Distúrbios congênitos dos vasos

Segundo a Drexell University College of Medicine, doenças cardíacas congênitas que resultam em falta de oxigenação adequada para o corpo e também em cianose (pele de coloração azulada) podem causar o baqueteamento dos dedos das mãos e dos pés. A tetralogia de Fallot compreende quatro (tetra) diferentes desordens do coração e vasos sanguíneos: uma grande abertura entre os ventrículos direito e esquerdo (câmaras inferiores), estreitamento da artéria pulmonar que leva sangue para os pulmões, deslocamento da aorta, que leva sangue do coração para o corpo, e aumento de tamanho do ventrículo direito. Geralmente, bebês têm dificuldade em se desenvolver e apresentam episódios de cianose com o choro ou a alimentação, além de mostrar pouca tolerância à atividade à medida que crescem. O baqueteamento dos dedos ocorre com o tempo, se a condição não for corrigida.

Com o retorno venoso pulmonar anômalo total, o sangue circula para a frente e para trás nos pulmões, mas não vai para o corpo; e, com a transposição das grandes artérias, o sangue circula para a frente e para trás no coração e ao redor do corpo, mas não para os pulmões para captar oxigênio. Em ambas as condições, uma abertura entre os lados cardíacos direito e esquerdo geralmente também está presente, de modo que um pouco de sangue oxigenado se mistura com sangue não-oxigenado e circula para o corpo mas, como o nível de oxigênio é baixo, assim a criança se torna cianótica e desenvolve aumento de volume cardíaco, dispneia e baqueteamento dos dedos.

Desordem valvar congênita

Com a atresia tricúspide, a valva situada normalmente entre as câmaras do lado direito do coração está ausente e o ventrículo direito está mal desenvolvido, de modo que o sangue não pode ser bombeado para os pulmões para captar oxigênio. Em geral, ocorre uma abertura entre os lados direito e esquerdo do coração, ou cria-se uma abertura cirúrgica para que o sangue possa se misturar, mas os níveis de oxigênio poderão ainda não ser adequados, resultando em cianose e baqueteamento.

Doença infecciosa

A endocardite bacteriana é uma inflamação do endotélio (revestimento interno) do coração e das válvulas cardíacas, causando a deformação das últimas. Vários microrganismos, com o Streptococcus ou o Staphylococcus, podem causar endocardite; as bactérias podem invadir outro tecido cardíaco, interferindo na função. Com o tempo, o indivíduo pode se tornar enfraquecido e desenvolver anorexia e perda de peso; além disso, o baço e o fígado aumentam de tamanho. Como o coração não pode funcionar de maneira adequada, a pessoa desenvolve cianose e baqueteamento dos dedos.

Considerações

Embora muitas vezes o baqueteamento indique uma doença, algumas pessoas saudáveis podem desenvolver algum grau dessa condição, mas é indicado um exame físico completo para descartar distúrbios graves se o baqueteamento se tornar evidente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível