O que diz a Bíblia sobre mulheres que fazem pregações?

Escrito por lesley barker | Traduzido por letícia oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que diz a Bíblia sobre mulheres que fazem pregações?
O papel das mulheres na igreja é um tema controverso (Comstock/Comstock/Getty Images)

O papel das mulheres na igreja é talvez um dos mais controversos temas que se possa abordar. As religiões cristãs têm opiniões divididas sobre a mulher pregar ou não pregar, ministrar sacramentos, ensinar ou presidir uma cerimônia religiosa. O debate ficou ainda mais complexo com as mudanças do papel da mulher na sociedade que têm ocorrido nos últimos 2.000 anos. Há apenas poucos versos bíblicos que de fato abordam esta questão. Eles parecem contradizer o próprio retrato das mulheres da Bíblia.

Outras pessoas estão lendo

Significado

Um conceito bíblico fundamental é que Deus fez o homem e a mulher e não há distinção entre o valor espiritual de ambos. De acordo com Gálatas 3:28, se a pessoa estiver "em Cristo", o gênero não determina seu valor ou sua posição. Essa ideia é conflitante com algumas tradições culturais antigas, que se opõem à mensagem do Evangelho.

Identificação

As cartas de Paulo contêm os versos mais problemáticos sobre o papel da mulher na igreja. Desde que um verso, 1 Coríntios 11:5, proíbe que as mulheres rezem em celebrações, a menos que estejam com as cabeças cobertas, admite-se a possibilidade de que possam falar em público em reuniões cristãs. Entretanto, outro verso do mesmo livro, 1 Conríntios 14:34, exige que as mulheres permaneçam em silêncio absoluto na igreja. Esses dois versos parecem diretamente opostos. A tendência de Paulo em se opor a mulheres pregando é, aparentemente, esclarecida na carta escrita a Timóteo, um jovem pastor que Paulo estava instruindo. Ele comunicou a Timóteo que o direito de ensinar os homens ou estar em posições de autoridade superiores a eles não deve ser concedido às mulheres. Veja 1 Timóteo 2:12.

Considerações

Esta citação deixa em aberto se a Bíblia proíbe as mulheres de pregar em qualquer situação ou se têm permissão para pregarem para outras mulheres. Paulo instruiu outro pastor, Tito. Em sua carta a Tito, ele recomenda que mulheres mais velhas ensinem as mais novas. Mas isso inclui pregar também? O trecho não menciona esta situação. Veja Tito 2:4.

Teorias e especulações

Há exemplos de mulheres que pregaram no Novo Testamento. A primeira é a mulher que Jesus encontrou no poço em Samaria. Essa história está em João 4. Ela ficou tão impressionada com Jesus que abandonou o seu jarro, reuniu uma multidão, pregou sobre o encontro que havia tido e retornou acompanhada pela multidão. Priscila foi outra mulher que pregou. Ela e seu marido, Áquila, eram ensinadores poderosos. Como o nome de Priscila é citado primeiro, estudiosos da Bíblia entendem que o seu papel seja mais importante do que o do marido. Especula-se que outras mulheres talvez tenham pregado: a profetisa do Antigo Testamento Débora e Lídia, uma viúva, que começou uma igreja em sua casa.

Potencial

A questão se a Bíblia permite ou não que as mulheres preguem é bastante delicada. Em uma tradução de Salmos 68:11, uma canção profética de vitória, há a indicação de que haverá um grupo grande de mulheres que irão proclamar ou pregar a palavra de Deus após Ele fazer um anúncio. Sabemos que as mulheres estavam em companhia dos apóstolos no período de dez dias entre a ascensão de Jesus aos céus e quando o vento e as línguas de fogo iniciaram a primeira pregação pública em Jerusalém. Também sabemos que as mulheres estavam entre as pessoas que eram lideradas por Jesus em Marcos 16:15 para saírem pelo mundo e pregar o Evangelho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível