O que é bile?

Escrito por wanda thibodeaux | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é bile?
A bile ajuda as pessoas a digerirem o alimento ingerido (eating image by sasha from Fotolia.com)

A digestão é um processo muito complexo, através do qual o corpo humano quebra o alimento ingerido em partes pequenas, que o corpo pode usar para processos como a respiração celular. O papel do estômago nesse processo é vital, mas uma parte igualmente importante é atribuída ao fígado e à bile. Um estudo sobre os componentes da bile e como esses componentes trabalham revela o porquê dela ser tão crucial à digestão.

Outras pessoas estão lendo

Definição

A bile é um líquido produzido pelo fígado e armazenado na vesícula biliar. Ela é uma substância digestiva cuja cor varia de um amarelo esverdeado até marrom, dependendo de sua concentração e da porcentagem exata de cada componente.

Componentes

De acordo com a Universidade Estadual do Colorado e com o Gallbladder Attack, a bile é feita de água, fosfolipídeos, ácidos biliares, sais biliares e pigmentos biliares. Ela também contém eletrólitos, bilirrubina e colesterol.

Funções

A Universidade Estadual do Colorado e o Gallbladder Attack explicam que a bile tem duas funções principais. Primeiro, em um nível mais básico, ela age como um tensoativo que separa as substâncias boas e ruins no organismo. Ela ajuda o corpo a livrar-se dos dejetos, como bilirrubina e colesterol. Seu papel é muito parecido com o do rim, sob muitos aspectos. Para fazer isso, a bile quebra as substâncias presentes na comida, que é o motivo pelo qual ela é discutida em termos de processo digestivo. Os ácidos na bile absorvem as gorduras e vitaminas que são dissolvidas em gordura no intestino delgado. Sem vitaminas e gorduras, nenhuma das células do corpo humano conseguiria funcionar.

Produção e fluxo

As células hepáticas, chamadas hepatócitos, produzem a bile. Essa bile "inicial" é drenada através dos dutos biliares. Conforme isso acontece, as células epiteliais diluem a bile em uma solução aquosa. A bile entra no duto hepático (esfíncter de Oddi), viaja pelo duto pancreático e, por fim, esvazia-se no duodeno (primeira parte do intestino delgado).

Às vezes, o esfíncter de Oddi fica fechado durante a produção de bile. Isso pode acontecer se a pessoa não tiver se alimentado há um certo tempo e, portanto, não necessitar de bile para quebrar o alimento. Nesse caso, a bile vai até a vesícula, que a guarda para depois. Enquanto a bile fica na vesícula, fica muito concentrada, pois o corpo absorve a água e eletrólitos, além de liberar colesterol na bile. A bile dissolve esse colesterol, para que o corpo se livre dele. Quando a pessoa se alimentar novamente, o duodeno liberará colecistoquinina, que estimula a vesícula a liberar a bile concentrada.

Problemas comuns

Problemas comuns associados à produção de bile incluem refluxo biliar (similar ao refluxo ácido) e pedras na vesícula. A pouca produção de bile pode resultar em deficiências digestivas, o que acaba causando deficiências de certos nutrientes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível