Como fazer o cálculo de estoque final desejado

Escrito por kirk thomason | Traduzido por felipe fogolin
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Uma empresa muitas vezes precisa de uma quantidade de estoque final específica, para garantir que possa manter os níveis de vendas futuros. Podem existir diferentes cálculos para o estoque final, dependendo das atividades da empresa. Os cálculos de estoque de segurança, no entanto, fornecem uma fórmula básica para calcular esta informação. Em alguns casos, uma empresa pode simplesmente decidir que uma porcentagem das vendas do próximo mês é um número adequado para o inventário final.

Outras pessoas estão lendo

Estoque de segurança

O cálculo do estoque de segurança é bem simples, apesar de ser bastante eficaz. A empresa determina quanto estoque é usado diariamente. O número de dias para pedir e receber mais produtos para o estoque faz parte deste processo. Por exemplo, uma empresa pode vender 50 unidades por dia, com um tempo de reabastecimento de 9 dias. A empresa vai vender 450 unidades cada vez que aguardar um novo pedido. Portanto, o estoque de segurança, ou estoque final, não deve ser menor que este número.

Cálculo de porcentagem

Muitas empresas projetam vendas futuras para cada mês em um período anual. Baseada em sua projeção de número de vendas mensais individuais, uma empresa pode determinar que ela precisa de 15 por cento das vendas mensais como estoque final. Por exemplo, R$ 18.000 nas vendas de junho significa que a empresa deve ter R$ 2.700 em estoque final. Este cálculo fornece um nvalor monetário, em vez de unidades reais.

Exemplo de orçamento

O cálculo da percentagem pode ser usado para determinar as vendas ou níveis de produção de unidades. Uma empresa pode ter vendas projetadas, adicionar o estoque final desejado e subtrair o inicial para determinar as vendas ou o nível de produção necessários para obter o resultado desejado. Por exemplo, R$ 18.000 em vendas projetadas em junho, mais R$ 6.000 do estoque final desejado é igual a R$ 24.000 em necessidades de estoque totais. Subtraindo R$ 4.000 do estoque inicial, temos um total de R$ 20.000 em vendas ou produção necessários para chegar ao estoque desejado.

Considerações

Levar em conta itens de estoque perdidos, roubados ou danificados pode ser necessário para este processo. A empresa deve rever seu desempenho histórico nessas áreas, para avaliar a quantidade de estoque final sob os ajustes. Contadores determinam se o número é significativo o suficiente para ser adicionado ao estoque de segurança ou em métodos de cálculo de porcentagem para o estoque final. Em caso afirmativo, as empresas devem adicionar estes números à fórmula, para ter bens suficientes em mãos no final do mês.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível