Por que o câncer de pulmão deixa a pessoa cansada?

Escrito por cheryl jones | Traduzido por valeria jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que o câncer de pulmão deixa a pessoa cansada?
As causas de fadiga incluem estresse emocional relacionado ao enfrentamento do câncer (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

Fadiga e câncer de pulmão

A fadiga geralmente ocorre com todos os tipos de câncer, mas as pessoas com câncer de pulmão são ainda mais sobrecarregadas pela função pulmonar diminuída. Ela reduz a capacidade dos pulmões de fornecer quantidades adequadas de oxigênio para o corpo. Este suprimento de oxigênio reduzido contribui para a fadiga. A cirurgia para remover a totalidade ou parte de um pulmão compromete ainda mais respiração. Além dos desafios específicos do pulmões lesados, as pessoas com câncer de pulmão enfrentam outros fatores relacionados à doença que drenam a sua energia . A fadiga associada a esse tipo de câncer vai além de uma sensação geral de cansaço. A pessoa se sente fraca e debilitada, e o repouso ou sono não alivia a sensação de cansaço. Outros sintomas incluem dor nas pernas, dificuldade para caminhar ou subir escadas, falta de ar mesmo após uma atividade leve ou incapacidade de realizar atividades diárias. O cansaço pode afetar a concentração e também a capacidade da pessoa de trabalhar ou dormir e causar sentimentos de frustração, ansiedade e depressão.

Causas

A quimioterapia para o câncer pode resultar em redução dos glóbulos vermelhos, o que diminui a quantidade de oxigênio que o sangue pode transportar por todo o corpo, de acordo com a Lung Cancer Alliance. As causas de fadiga incluem estresse emocional relacionado ao enfrentamento do câncer e seu tratamento, má alimentação causada pela doença ou efeitos colaterais da quimioterapia ou estilo de vida interrompido.

Tratamento

A fadiga pode ser tratada. Os suplementos de ferro são eficazes para a anemia provocada por insuficiência leve de ferro e a anemia grave é tratada com transfusões de sangue ou alfaepoetina, um hormônio sintético que estimula a produção de glóbulos vermelhos. Para outras causas de fadiga, manter um diário com informações sobre as atividades e os níveis de energia durante todo o dia pode ajudar a tornar as atividades de planejamento mais fáceis. O repouso é encorajado, mas procure fazer curtos períodos de descanso para efeito máximo. Tenha uma alimentação saudável também, beba bastante líquido e peça ajuda.

Consequências

A fadiga cobra um preço para o paciente e pode interferir com o tratamento. Quando prolongada, pode causar depressão e sentimentos de desesperança, limitando a qualidade de vida da pessoa. Mais importante ainda, pode ser necessário adiar a quimioterapia para permitir que o indivíduo se recupere de uma fadiga extrema, especialmente se ela resulta em uma anemia. Em alguns casos, ela impedirá que o paciente receba o ciclo completo de quimioterapia, reduzindo a eficácia da terapia contra o câncer.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível