Meu cão desenvolveu manchas pretas no nariz e pálpebras: o que causa isso?

Escrito por cate burnette | Traduzido por débora santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Meu cão desenvolveu manchas pretas no nariz e pálpebras: o que causa isso?
O nariz marrom claro do faraó hound pode estar predisposto a alguns cânceres de pele (Christopher Furlong/Getty Images News/Getty Images)

Muitos cachorros, principalmente labradores marrons ou cor de fígado, alguns pit bulls americanos e todos os faraó hound, que tem nariz marrom claro e sobrancelhas de cor clara, podem desenvolver essas manchas. Um cachorro branco ou de pelo claro pode ser geneticamente predisposto a ter um nariz rosa ou manchado. Em cães de de qualquer idade e raça, os donos podem notar manchas pretas crescendo e mudando no nariz e pálpebras do animal. Embora as manchas novas no seu cachorro não sejam necessariamente sintomas de alguma doença, dois tipos de câncer de pele podem aparecer como lesões pretas na face e você deverá procurar um diagnóstico de um veterinário para assegurar que seu animal de estimação está saudável.

Outras pessoas estão lendo

Pigmentação

Uma pigmentação pesada muitas vezes resulta em manchas pretas, principalmente naquelas encontradas no nariz e na língua dos cães, diz Lisa Peterson, a diretora de comunicações da American Kennel Club. Dependendo da raça, os "pontos" do seu cachorro - no nariz, nos dedos e unhas das patas traseiras e no contorno dos olhos - podem ser de coloração rosa clara, marrom ou preta. A melanina que dá a pele do cachorro e ao pelo a sua cor escura muitas vezes fica mais nas áreas de pele mais clara, criando manchas aleatórias.

Melanoma

A melanoma desenvolve-se nos melanócitos, células que produzem o pigmento dos cães. Uma forma de câncer de pele, o melanoma cutâneo normalmente apresenta-se como tumores de cor escura vistos em qualquer lugar na face, patas, tronco e no escroto de cães. Apesar de cachorros pretos apresentaram uma predisposição ao melanoma, esse tipo de câncer também aparece nas raças Boston Terrier, Cocker Spaniel, Chow Chow, Boxer, Setter irlandês, Springer Spaniel, Terrier Escocês, Doberman Pinscher e Airedale Terrier. Tumores de melanoma oral afetam as células da boca e nariz e podem ser claros e escuros, podendo sofrer metástase rapidamente nos pulmões e em outros órgãos dos cães.

Carcinoma de células escamosas

O carcinoma de células escamosas se origina nas células epiteliais planas que compõem as células exteriores da boca, da pele e nariz do seu cachorro. Essas células formam placas como camadas, que também compõem os tratos gastrointestinal, urinário, respiratório e reprodutivo do cachorro. Os tumores escamosos podem ser lesões pretas crostosas que aparecem em qualquer lugar dos lábios, nariz e pálpebras de cachorros que possuem uma face branca. Tipicamente causados por excesso de exposição ao sol, este tipo de câncer de pele invade o sistema de forma rápida e, por causa do local, pode ser um desafio removê-lo cirurgicamente. Com frequência, o diagnóstico para carcinoma de células escamosas chega tarde demais para permitir ainda uma intervenção cirúrgica.

Diagnóstico e tratamento

Os veterinários geralmente recomendam fazer no animal um painel de sangue completo e uma biópsia ou aspiração com agulha fina no local para se ter um diagnóstico inicial. Dependendo da localização dos pontos, radiografias da cabeça e das passagens nasais do seu cachorro podem precisar ser feitas para determinar se há evidência de crescimento de tumor interno. Se tiver suspeita de um tumor canceroso, o tratamento girará em torno de uma cirurgia no tumor e um exame histopatológico das células tumorais para definir a causa exata do câncer. O veterinário também pode sugerir uma quimioterapia e radioterapia como tratamento adicional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível