Características básicas do romantismo na literatura

Escrito por bridgette redman | Traduzido por luiz neves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características básicas do romantismo na literatura
"O Poço e o Pendulo", de Edgar Allan Poe, é um exemplo de literatura Romântica (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

No final dos anos de 1700, houve uma mudança na forma literária, uma mudança que refletiu em um novo modo das pessoas pensarem sobre elas mesmas e em seus lugares na sociedade. A literatura estava tornando-se coisa de pessoas comuns, que queriam que as histórias refletissem suas vidas, não apenas a da realeza e dos generais militares. Grandes escritores do período romântico incluem Samuel Coleridge, William Wordsworth, William Blake, Edgar Allan Poe, Mary Shelley, Washington Irving e Nathaniel Hawthorne.

Outras pessoas estão lendo

A natureza e o homem comum

Era a idade do "bom selvagem". Os românticos estavam cansados do racionalismo e sua literatura refletia a glorificação da natureza, o homem comum e as emoções inerentes a cada um deles. Os ideais do período Romântico eram simplificar e retornar a uma forma de vida menos complicada, que, por ser mais "natural", foi considerada superior. Os heróis da literatura romântica não tinham que ser da realeza ou "grandes" pessoas, mas sim, pessoas comuns que encontravam a sabedoria no mundo ao seu redor e escolhiam uma falta de sofisticação, que foi pensada ser mais honesta e franca.

Ideias clássicas e imaginação mítica

Assim como os autores da literatura romântica evitaram o racionalismo, eles utilizaram da imaginação mítica para criar suas histórias. Quando eles se voltaram para os ideais clássicos da literatura grega e romana, basearam-se nos elementos míticos. Os mitos foram materiais para grandes histórias e esses ideais foram tecidos no período romântico. Os autores do romantismo ficavam frequentemente fascinados com o sobrenatural e foram os percursores do gênero do horror. A literatura do período tentava evocar o medo.

Heróis e nacionalismo

Enquanto o neoclassicismo ditava que seus heróis deveriam ser nobres, os heróis do romantismo era baseados nas pessoas comuns. Eles também eram nítidos nacionalistas, com a literatura baseada nos folclores do país de origem do autor. Os heróis eram patriotas ou heróis folclóricos que ajudaram a formar uma nação e protegê-la de influências exteriores.

Definições incomuns

O romantismo não se limitou apenas ao ambiente rural ou aqueles de uma determinada nacionalidade, embora isso tenha sido, definitivamente, uma das suas características. Autores dessa escola frequentemente escolhiam definições incomuns do passado ou futuro, definições com elementos mágicos, míticos ou até de fora do planeta. Assim como o romantismo foi precursor do gênero de horror, também foi precursor dos gêneros de fantasia e ficção-cientifica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível