Características de uma Zona de Convergência Intertropical

Escrito por wanda thibodeaux | Traduzido por marina bentti mourad
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características de uma Zona de Convergência Intertropical
Muitas nuvens da Terra se formam no Zona de Convergência Intertropical (Image by Flickr.com, courtesy of Satoru Kikuchi)

O tempo na Terra é impulsionado por vários fatores, incluindo a energia térmica a partir do núcleo da Terra e do sol. Certas áreas da Terra são conhecidas por padrões climáticos específicos que ocorrem como um resultado destes fatores. Uma área que os cientistas, geólogos e meteorologistas estudam frequentemente é a Zona de Convergência Intertropical, que é uma faixa perto do equador, onde os ventos do sul e do norte se encontram.

Outras pessoas estão lendo

Baixa pressão atmosférica

Na Zona de Convergência Intertropical, os ventos do norte e do sul se reúnem. Devido à rotação da Terra, os ventos não podem realmente atravessar o equador sem perder energia. Em vez de continuar sobre a Terra horizontalmente, os ventos, movem-se verticalmente em direção à atmosfera superior. O aquecimento das correntes oceânicas da Terra pelo sol auxilia neste processo, tornando o ar mais quente, o que faz ele subir. O resultado é que a Zona de Convergência Intertropical tem baixa pressão atmosférica perto da superfície da Terra. A falta de movimento do vento horizontal na região é a razão para os marinheiros apelidarem a Zona de Convergência Intertropical de "the doldrums" (a calmaria).

Precipitação/umidade

O aumento frequente de ar na Zona de Convergência Intertropical significa que a umidade constantemente está sempre alta o suficiente na atmosfera para esfriar o suficiente e permitir que a umidade se condense em nuvens. A Zona de Convergência Intertropical, portanto, pode ter uma incrível quantidade de precipitação e alta umidade. Embora algumas áreas da zona tenham uma estação seca, outras não. Banhos vespertinos são uma característica da zona.

Tipo de tempestade

As chuvas na Zona de Convergência Intertropical normalmente não são suaves e não duram por longos períodos. Em vez disso, as altas quantidades de energia de fontes térmicas e solares fazem com que a umidade se condense rapidamente em nuvens na parte mais quente do dia. Assim, tufões circulares muitas vezes se formam com o movimento das correntes de ar. Alguns dos ventos mais fortes na Terra foram registrados nessas tempestades. Raios fortes também são comuns nessa região.

Localização

A Zona de Convergência Intertropical é caracterizada pela localização inconsistente em torno do equador. À medida que a Terra se move com as estações do ano, a área que recebe a maior quantidade de energia e calor do sol varia. O equador térmico em torno do qual a zona se forma, move-se, dependendo da temporada. Em alguns casos, essa mudança pode resultar na completa inversão de padrões de trocas de ventos normais, sobretudo no Oceano Índico.

Impacto

As características da Zona de Convergência Intertropical têm um enorme impacto sobre o clima em todo o globo. A mudança de padrões de vento nela pode mover a energia térmica e a umidade para diferentes partes da Terra do que o habitual e pode retardar ou até mesmo parar correntes oceânicas. Isso afeta toda a vida vegetal e animal, direta ou indiretamente, uma vez que os ecossistemas são dependentes em grande parte dos padrões de clima e temperatura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível