Cicatrização da pele pós-cirurgia

Escrito por laura leiva | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cicatrização da pele pós-cirurgia
Se a cicatrização não ocorrer, pode haver necessidade de consultar um médico (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Após uma operação, a cicatrização da pele pós-cirurgia é importante para acelerar o tempo de cura, bem como manter a incisão livre de infecção. Existem três passos para a cura de um processo de incisão: a inflamação, na qual o fluxo sanguíneo é aumentado para a área da ferida durante um curto período de tempo, a proliferação, quando os vasos sanguíneos começam a se formar perto da incisão e regenerar a pele sob o tecido morto, e a maturação, quando a incisão começa a curar e criar o tecido cicatricial.

Outras pessoas estão lendo

Troca de curativos

Quaisquer curativos, tais como gaze ou adesivo devem ser mantidos no lugar durante o tempo que o médico recomenda. Os curativos podem ser deixados no local da incisão durante aproximadamente cinco dias, enquanto ele está completamente seco e não existem sinais de pus ou sangue, o que pode indicar uma infecção.

Antes de retirar qualquer curativo da pele, não se esqueça de lavar bem as mãos com água morna e sabão para evitar a transferência de bactérias para o local da ferida. Nunca toque a incisão diretamente, pois isso também pode causar infecção.

Após a remoção da gaze ou curativo inicial, você pode deixar o ferimento descoberto se aconselhado pelo médico. Alguns mantêm a gaze protetora para protegê-lo e mantê-lo limpo. Se a sua incisão é em um local que entra em atrito com a roupa, reaplique a gaze para proteção. Toda vez que você substituir um curativo, certifique-se de não tocar na área lesionada.

Pontos cirúrgicos

Existem dois tipos de pontos utilizados frequentemente em cirurgia: indissolúveis e solúveis. Se o cirurgião utiliza suturas absorvíveis, elas desaparecerão por conta própria dentro de uma ou duas semanas. Os não-absorvíveis são removidos pelo cirurgião, quando necessário, dependendo da incisão, mas normalmente depois de uma semana.

Deixe local da incisão isolado, especialmente as suturas. Se há atrito com a roupa, você pode redimensioná-las, se necessário, com um par de tesouras limpas. Se você não está confortável com o ponto aberto, cubra as suturas com um adesivo ou atadura de gaze para evitar a irritação. Consulte o médico se elas estão causando desconforto.

Higiene

Após a cirurgia, é importante manter seu corpo limpo para evitar infecções. Normalmente, 24 horas após a cirurgia, um médico permitirá que você tome uma ducha ou banho de banheira, dependendo da operação.

Além disso, dependendo do parecer médico, os chuveiros são preferidos sobre banhos de imersão, de modo que a lesão não mergulhe em água. Se a incisão é um lugar que pode ser mantido fora da água, os banhos são aceitáveis. Os curativos devem ser removidos a partir da incisão, a menos que indicado de outra forma por uma enfermeira ou um médico, no entanto, aqueles impermeáveis ​​podem ser mantidos.

Evite a utilização de loções, géis, ou sabões em torno da área da incisão. A água corrente pode entrar em contato com a incisão, mas nunca esfregue a área, o que pode impedir a cura adequada. Uma vez que o banho é finalizado, toque levemente a área da ferida para remover o excesso de água e, em seguida, deixe-a secar ao ar. Adicione um novo curativo sobre a área, se necessário.

Cicatrização

A maioria das incisões cicatrizam bem dentro de algumas semanas da cirurgia, no entanto, isso pode demorar mais tempo se houver infecções. As bactérias podem penetrar na incisão, fazendo-a inflamar, ou torná-la cheia de pus. Nesse caso, vá ao médico para obter um antibiótico que destruirá o crescimento de bactérias.

Evite fumar depois de uma cirurgia para reduzir o risco de infecção.

Precauções

Mesmo que você seja cuidadoso ao limpar a incisão, as bactérias ainda podem entrar na ferida. Procure sinais de infecção, tais como pus, sangue, inflamação, dor no local da incisão ou quaisquer odores desagradáveis. Se você está sofrendo de algum destes sintomas, consulte um médico ou enfermeiro para receber a ajuda necessária.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível