Código de Ética da Microsoft

Escrito por dan antony | Traduzido por lean pereira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A Microsoft publicou seu longo "Padrões de Conduta de Negócios" em maio de 2003, e lançou uma atualização em abril de 2009. O presidente-executivo Steve Ballmer escreveu em uma carta aberta aos funcionários que os padrões foram concebidos para "ajudá-los a tomar decisões boas e bem-informadas, e a agir com integridade em relação a elas."

Outras pessoas estão lendo

Valores

O Código Microsoft possui seis valores para guiar a conduta do funcionário: integridade e honestidade; paixão pelos consumidores, parceiros e tecnologia; ser "aberto e respeitoso para com os outros, e dedicado a torná-los melhores"; "vontade para tomar grandes desafios e levá-los até o fim"; ser "auto-crítico, questionador e comprometido à excelência pessoal e auto-aperfeiçoamento"; e, finalmente, ser "responsável para comprometer-se, obter resultados, e oferecer qualidade aos consumidores, acionistas, parceiros e empregados".

Escritório de observância

O conselheiro-geral da Microsoft, Brad Smith, também serve como observador-chefe da companhia. Ele é responsável por reforçar o Código de Ética.

Relatórios

A Microsoft estabeleceu uma Conduta de Negócios para permitir aos funcionários e ao público relatar quaisquer falhas éticas presenciadas. A Linha de Conduta de Negócios pode ser consultada, nos Estados Unidos, pelo número 877-320-MSFT (6738). A empresa também permite contato direto com seu Escritório de Observância Legal.

Conduta de parceiros

A Microsoft lançou um Código de Conduta separado para sua Associação Internacional de Parceiros Certificados Microsoft (do inglês International Association of Microsoft Certified Partners, ou IAMCP). O Código solicita aos parceiros da Microsoft a proteção de propriedade intelectual Microsoft, com responsabilidade social perante o público, assim como competência, conduta pessoal e o conhecimento de estar representando a empresa pelo mundo.

Sentimento do consumidor

Independente da crítica recebida pela ética, e seus problemas legais do passado (como processos a anti-trustes na Europa), uma pesquisa realizada pelo Boston College Center a Cidadãos Corporativos em 2009 nomeou a Microsoft como a segunda mais admirada empresa pelos consumidores norte-americanos. A Walt Disney Co. esteve em primeiro lugar, e Google em terceiro. Responsabilidade social é apenas um dos elementos no Código de Conduta Microsoft.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível