Concreto resistente à flexão vs. concreto resistente à tração

Escrito por joe mcelroy | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Concreto resistente à flexão vs. concreto resistente à tração
Testes de resistência à tração servem para determinar a resistência de estruturas de concreto (Karl Weatherly/Digital Vision/Getty Images)

Não existem métodos comumente aceitos para testar a resistência à tração direta do concreto. Por esse motivo, testes indiretos precisam ser feitos para garantir a segurança nas estradas, pontes e outras estruturas. Os testes de resistência à flexão são maneiras indiretas de testar a resistência à tração do concreto. Outros métodos são usados para preencher espaços vazios, contudo pesquisadores estão constantemente procurando métodos mais efetivos e precisos.

Outras pessoas estão lendo

Resistência à flexão

A resistência à tração é a quantidade máxima de pressão que uma substância pode suportar antes de começar a se deformar permanentemente. Testes de tração direta podem ser feitos em substâncias maleáveis, como o aço e cordas. O caráter do concreto dificulta a execução desses testes. O teste de tração indireto mais importante é o da resistência à flexão. Eles são feitos através da determinação de quanta carga vigas ou placas de concreto não reforçadas podem suportar antes de se curvarem. Esses testes possuem variações, com aplicação de pesos em pontos diferentes da placa de concreto. Alguns deles consistem em fixar o concreto pelas extremidades e e aplicar uma carga ao centro. Outros irão fixar o concreto pelo centro e aplicar cargas nas extremidades.

Testes de divisão de tensão

O teste de divisão de tensão submete grandes porções de placas de concreto a diferentes testes de resistência à tração. Ele se parece mais com um teste direto de resistência do que com as variações dos testes de flexão, mas não mede a pressão que o concreto geralmente sofre em situações reais. Os testes de resistência à flexão continuam sendo os testes de resistência à tração mais importantes, pois a tensão mais comumente aplicada ao concreto é o peso.

Resistência à compressão

Em pavimentações de estradas, pontes e placas estruturais, os testes de resistência à flexão são os mais importantes para o concreto, medindo parcialmente a resistência à tração. Mas em colunas, vigas de suportes e pilares de pontes, é de extrema importância determinar a resistência à compressão do concreto. Isso é determinado através da aplicação de pressão aos cilindros de concreto até que eles se rachem ou quebrem, utilizando uma máquina especial feita para este propósito. Isso determina a quantidade de concreto e dimensões necessárias para suportar uma determinada carga.

Testes alternativos

Já que não existe nenhum teste direto de resistência à tração, pesquisadores estudam diferentes variações para tentar desenvolver uma visão mais ampla sobre a resistência. O "Oklahoma Department of Transportation" (Departamento de Transportes do estado de Oklahoma) desenvolveu em 2004 um teste de retirada, retirada modificada e um teste direto de tensão para ajudar a medir a resistência à tração. Cada um desses testes consiste na incorporação de metais no concreto e aplicação de força para removê-los. Enquanto essas pesquisas contribuem com o conhecimento sobre a resistência à tração do concreto, os testes de resistência à flexão permanecem as medidas mais importantes da resistência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível