on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Conflitos entre a geração Y e o mercado de trabalho

Nascidos entre 1980 e 2000, a geração Y é a mais nova a entrar no mercado de trabalho. Contudo, eles já têm ideias claras sobre o que esperar do empregador. Os "millennials", como também são conhecidos, trazem novas perspectivas e habilidades ao local de trabalho. Dado ao potencial para desentendimentos e conflitos que podem gerar impactos negativos no desempenho dentro das organizações, é importante conhecer a geração Y, seus valores e atributos únicos, para que você possa atrair e gerenciá-los efetivamente. Aqui estão algumas ideias para ajudá-lo a entender os conflitos entre a geração conectada e o mercado de trabalho.

"Millennials" são a nova força no mercado de trabalho, entenda seu comportamento (Ciaran Griffin/Photodisc/Getty Images)

Habituados à tecnologia

A geração Y está confortável com o uso de novas tecnologias, é capaz de executar várias tarefas ao mesmo tempo e está constantemente conectada. Você vai vê-los ouvindo seus iPods e enviando mensagens enquanto trabalham em tarefas de prazos curtos. Isso pode levá-lo a acreditar que "millennials" não são produtivos ou não prestam atenção. Em vez disso, perceba a conectividade e a capacidade multitarefa como uma oportunidade de aumentar a produtividade. Dê ferramentas avançadas aos jovens e eles encontrarão maneiras de aumentar a eficácia do seu modo de trabalhar.

Loading...
O mercado de trabalho abre as portas para a tecnologia com a geração Y (Ciaran Griffin/Photodisc/Getty Images)

Trabalhar para viver, não viver para trabalhar

Funcionários da geração Y comumente procuram por carreiras que permitam a eles ter a vida que desejam. Alguns dos "millennials" podem ser mais produtivos trabalhando fora do escritório ou em horários diferenciados. Você pode interpretar isso como imaturidade ou falta de ética, mas a flexibilidade de horários no trabalho pode ampliar horizontes, habilidades e diminuir o nível de estresse, o que vai resultar em melhoria dos níveis de desempenho e engajamento no seu local de trabalho.

Buscar melhores ambientes de trabalho e horários flexíveis estão entre as prioridades da nova geração de trabalhadores (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

Engajamento

Com a motivação certa e sob a liderança correta, a geração Y é muito produtiva e trabalhadora. Eles valorizam a inovação, a criatividade e, principalmente, a colaboração, resultando em um aumento do trabalho em equipe e no foco para executar estratégias de negócios. "Millennials" não costumam responder bem às figuras autoritárias de chefes mais velhos, mas eles seguem e se engajam a líderes com um estilo de liderança participativo.

"Millennials" são participativos e não exitam em expressar suas opiniões (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

Ceticismo saudável

Tendo sido bombardeados pelo marketing a vida toda, os "millennials" possuem um olfato agudo para autenticidade. Eles são pensadores críticos, prontos a questionar tudo, o que pode ajudar na hora de resolver problemas no trabalho. Encaminhe a conversa quando se tratar dos seus próprios valores; reveja seus conceitos para certificar-se de que eles são confiáveis. Se você alega dar oportunidades de crescimento, por exemplo, certifique-se de que seus funcionários irão crescer. Demonstre autenticidade e muito provavelmente a geração Y acreditará na sua organização.

A geração Y é mais crítica em relação à autenticidade das organizações (Ciaran Griffin/Photodisc/Getty Images)
Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...