A contabilidade administrativa e o planejamento estratégico

Escrito por marquis codjia | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Para ter sucesso no segmento de investimento, a liderança corporativa muitas vezes precisa encontrar o equilíbrio certo entre a rentabilidade a curto prazo e a gestão de despesas de longo prazo. Para garantir bons rendimentos no futuro, os executivos elaboram planos de redução de custos e lançam novos produtos no mercado. Temas como contabilidade administrativa e planejamento estratégico também são considerados quando as táticas operacionais são definidas.

Outras pessoas estão lendo

Contabilidade administrativa

As discussões acerca de contabilidade administrativa permitem aos chefes de departamento expressar suas opiniões sobre a eficiência e a rentabilidade das empresas. Em suma, essas conversas, muitas vezes, resultam em um apelo para que os líderes procurem meios de redução de despesas e rejeitem qualquer projeto novo que seja oneroso para a empresa. Também chamado de contabilidade de custos ou contabilidade de gestão, esse princípio permite que os chefes de departamento analisem a eficiência dos sistemas de produção e identifiquem onde cortar custos. Ao fazer isso, os líderes de segmento evitam o sentimento de intranquilidade que geralmente marca a relação da empresa com os investidores insatisfeitos.

Importância

A contabilidade administrativa cria um fórum de debates, onde os supervisores de departamento podem ter uma discussão ponderada sobre a condição financeira de uma empresa. Ao debater sobre o prognóstico econômico, a gerência de nível médio consegue compartilhar com a alta liderança diversas formas de restabelecer ou manter a solvência e a lucratividade da organização. Os métodos que podem ajudar uma empresa a alcançar rentabilidade incluem a elaboração de relatórios financeiros precisos, o constante controle dos custos e negociações de descontos e outros tipos de redução de preço com o fornecedor.

Planejamento estratégico

O planejamento estratégico baseia-se no conceito duplo de "estratégia e planejamento". A estratégia é um plano de ação que a empresa desenvolve para alcançar um objetivo desejado. O planejamento refere-se às diversas metodologias e técnicas que a empresa utiliza para identificar, aprovar e alocar os recursos necessários para alcançar o objetivo desejado. Essencialmente, o planejamento estratégico é o processo que uma empresa usa para formular uma estratégia e decidir como alocar recursos para aplicá-la.

Relevância

O planejamento estratégico tem um papel fundamental na forma como a empresa estabelece as bases para o sucesso esperado. Nas economias modernas, a formulação e a implementação da estratégia são, muitas vezes, um registro da capacidade operacional, uma prática que pode fazer com que pequenas empresas diminuam gradualmente a participação das principais organizações que atuam no mercado. Esse cenário onde "o pequeno desafia o poderoso" pode ocorrer, se uma empresa de grande porte perder o foco das tendências emergentes em um setor ou responder lentamente a elas, concedendo assim a chance de uma empresa de pequeno porte aumentar sua presença no mercado.

Conexão

A contabilidade administrativa e o planejamento estratégico são dois conceitos distintos que, muitas vezes, interrelacionam-se nas atividades operacionais da empresa. O processo de tomada de decisão da contabilidade administrativa começa a partir da análise crítica das atividades organizacionais e da formulação de estratégias adequadas realizada pelos diretores da empresa. De fato, todos os aspectos da contabilidade de gestão exigem estratégia e planejamento - seja por meio da administração da gestão de custos, de orçamento ou da rentabilidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível