Como converter a direção de uma bússola magnética para a direção verdadeira

Escrito por marshall moore | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como converter a direção de uma bússola magnética para a direção verdadeira
Pilotos e marinheiros precisam navegar corrigindo a direção das variações e dos desvios magnéticos (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Na maioria dos casos práticos, dirigir-se para o norte é tão simples quanto ler uma bússola e preparar-se para ir nessa direção. Nos mundos das embarcações e da aviação, no entanto, a navegação pode se tornar um pouco mais complicada. Devido à variação magnética, que é a influência em constante mudança do campo magnético da Terra, e devido ao desvio magnético, que é a interferência de outros objetos, tais como peças de metal, as leituras da bússola podem variar e conter erros suficientes para interferir seriamente com a navegação eficiente. Para corrigir isso, tanto marinheiros quanto pilotos precisam corrigir regularmente a direção indicada nas bússolas magnéticas, convertendo-a para uma direção "verdadeira".

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Mapas náuticos ou de aviação
  • Bússola

Lista completaMinimizar

Instruções

    Direção de bússola para direção magnética

  1. 1

    Leia a bússola e determine a direção atual. Por exemplo, uma aeronave ou navio viajando para o sul de acordo com a bússola deveria ter uma direção na bússola de 180 graus.

  2. 2

    Encontre a variação magnética para a área corrente usando o mapa. Em mapas náuticos, a variação magnética é localizada na bússola em rosa. Nos mapas de aviação, a variação magnética pode ser lida na linha isogônica mais próxima representada por uma linha magenta tracejada.

  3. 3

    Adicione ou subtraia a variação magnética da direção da bússola. Por exemplo, se a variação magnética for de 4 graus a leste, subtraia 4 da direção da bússola. Se for 4 graus a oeste, acrescente 4 graus. Sempre acrescente a variação se for para oeste e subtraia se for para leste. O resultado é a direção magnética.

    De direção magnética para direção verdadeira

  1. 1

    Localize o desvio magnético do navio ou avião. Nos aviões, esta informação está localizada em um placar abaixo da bússola magnética que dará o desvio para várias direções em acréscimos de 15 graus. Nos navios, esta informação precisa ser determinada começando-se com uma direção conhecida e balançando o navio em um círculo apertado enquanto registra a leitura da bússola a cada 15 graus. A diferença entre a leitura da bússola e a verdadeira direção é o desvio magnético do navio.

  2. 2

    Adicione ou subtraia o desvio magnético da direção magnética. Se o desvio magnético for de 1 grau para oeste, por exemplo, adicione 1 grau à direção magnética. Se for de 1 grau para leste, subtraia 1 grau. O resultado é a direção verdadeira.

  3. 3

    Navegue de acordo com a direção verdadeira. Cheque os mapas e recalcule a direção periodicamente para garantir que a variação magnética não mudou.

Dicas & Advertências

  • Lembre-se sempre de adicionar quando lidar com a variação ou o desvio para oeste e de subtrair quando for para leste. Como diz o velho ditado, "Leste é menos (-), oeste é mais (+)".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível