Crenças e Éticas dos Hutus e Tutsis

Escrito por roger jewell | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Crenças e Éticas dos Hutus e Tutsis
Os crimes de guerra cometidos em Ruanda são julgados pelo Tribunal Criminal Internacional (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os Hutus se estabeleceram na região dos Grandes Lagos da África Central entre 500 a.C. e 1.000 a.C. Os Tutsis se estabeleceram na mesma área cerca de 400 anos atrás. No mundo todo, existem cerca de 13 milhões de membros da tribo Tutsi e 10 milhões de membros da tribo Hutu. Os Tutsis também são chamados de Watusis.

Outras pessoas estão lendo

Discórdia entre Hutus e Tutsis

Quando o povo de Ruanda (agora chamada de Rwanda) e o povo de Urundi (agora chamado de Burundi) ganharam independência em 1962, os tutsis eram, de modo geral, mais ricos do que a maioria hutu. Sua riqueza se baseava em parte no fato de que eles criavam gado, enquanto os hutus eram muitas vezes trabalhadores agrícolas. O conflito de classes resultou em uma guerra civil entre as duas tribos em Ruanda em 1994.

Crenças cristãs e tradicionais

Além de suas crenças cristãs, a maioria hutu acredita em um deus chamado Imaana, que possuía muitas das características dos seres humanos. Eles acreditam que Imaana era bem-intencionado, mas afastado das pessoa comuns. Eles acreditam que Abazima são os espíritos de seus antepassados. Estes espíritos poderiam ser muito maus e trazer má sorte aos vivos. Os hutu acreditam que eles podem ser contatados através de adivinhos. Hutus do sexo feminino são geralmente donas de casa, mas também trabalham na agricultura e na colheita de culturas. Hutus do sexo masculino são geralmente responsáveis pela criação de gado e limpeza dos campos.

Quando os tutsis migraram para as regiões que agora são governados por Burundi e Ruanda, eles adotaram muitos dos mesmos valores, crenças e costumes praticados pelos hutus. No geral, ambas as tribos são compostas de membros que praticam o cristianismo, junto às crenças religiosas tradicionais e individuais tradicionais de cada tribo.

Folclore Hutu

Os hutus têm diversas lendas e contos populares. Entre eles, há o herói popular chamado de "Samadari". As histórias sobre Samadari o descrevem como um homem que frequentemente quebrava as regras que todos os outros tinham que seguir. Ele sempre criticou os ricos e poderosos e insultava ricos proprietários de gado. Este tipo de folclore contribui para o ressentimento de longa data entre os hutus e tutsis.

Cerimônias Hutu

Os hutu geralmente celebram feriados cristãos. Durante muitas cerimônias de casamento, as noivas são cobertas de ervas e leite para assegurar a pureza de seus corpos. Cerimônias fúnebres incluem orações, discursos e outros rituais de sua cultura.

Folclore Tutsi

Muitos Tutsi acreditam que são descendentes de um rei mítico chamado Gihanga. O folclore inclui a história de Sebgugugu, um homem pobre que foi ajudado por Deus, realizando milagres como o fornecimento de alimentos. Em última análise, devido à ganância, Sebgugugu perdeu tudo no final. Muitas vezes, o povo Tutsi acredita no mesmo Deus que os hutus acreditam, chamado Imaana, e nos mesmos espíritos chamados Abazima.

Cerimônias Tutsi

Os tutsis muitas vezes celebravam feriados tradicionais com danças e percussão sagradas, embora a maior parte desta tradição tenha desaparecido. Sete dias após o nascimento de uma criança, os tutsis realizavam uma cerimônia de nomeação. Os casamentos eram muitas vezes organizados pelos pais e podiam incluir o pagamento de dinheiro ou de bens para a família da noiva. Os tutsis devem agir com dignidade em todos os momentos, e as demonstrações de emoções em público são desencorajados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível