Criadores de pombo e doenças pulmonares

Escrito por michael mcgrath | Traduzido por eduardo chagas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Criadores de pombo e doenças pulmonares
Exposição à poeira dos dejetos de pombos podem causar reações alérgicas sérias (pigeon image by Henryk Olszewski from Fotolia.com)

A doença de pulmão dos criadores de pombos é uma reação alergia normalmente vista em criadores dessas aves. Até 22% desses criadores exibem sintomas da doença, de acordo com a equipe British Pigeon Fanciers Medical Research. A doença possui vários outros nomes, como alveolite alérgica, pneumonite de hipersensibilidade e pulmão do criador de passáros.

Outras pessoas estão lendo

Causas

Exposição prolongada a plumas de pombos pode causar a doença do pulmão de criador de pombos, de acordo com a equipe British Pigeon Fanciers Medical Research. "Plumas" se referem a partículas microscópicas de penas. Partículas de fezes de pombos no ar também podem contribuir para a doença, mas a poeira das penas é o culpada principal. Plumas são pequenas o bastante para entrar nos pequenos sacos de ar pulmonares, ou alvéolos, onde elas causam reações alérgicas e inflamações. Pombos não são os únicos pássaros capazes de causar alveolite alérgica. Periquitos e outras aves de estimação podem causar reações alérgicas similares. A doença não é contagiosa.

Sintomas

A U.S National Library of Medicine relata que os sintomas da doença do pulmão de criador de pombos pode ser aguda ou crônica. A aguda causa sintomas dentro de seis horas de exposição às plumas de pombos. Sintomas agudos incluem calafrios, tosse, febre, falta de ar e mal-estar. A doença crônica se desenvolve a partir da aguda e resulta em tosse com falta de ar, falta de apetite e perda de peso. Se deixada sem tratamento, a doença crônica pode causar danos pulmonares permanentes.

Diagnóstico

O diagnóstico da doença inclui um histórico de sintomas, exame físico e testes de sangue. Criadores de pombo com sintomas respiratórios devem informar a seus médicos sobre o passatempo para que a doença possa ser confirmada ou descartada. Um médico escutando o pulmão com um estetoscópio pode escutar sons de rachadura enquanto o paciente respira, de acordo com a National Library of Medicine. Testes sanguíneos chamados de hipersensitividade revelam altos níveis de anticorpos a proteínas de pombos. Raios-X do peito podem revelar mudanças na estrutura pulmonar.

Tratamento

O site The Health Central relata que evitar plumas de pombos é o melhor tratamento para a doença do pulmão de criador de pombos. Corticosteróides fornecem alivio de sintomas crônicos e agudos ao reduzir inflamação nos alvéolos pulmonares. A equipe British Pigeon Fanciers Medical Research sugere máscaras respiratórias e roupas protetoras para ajudar a prevenir os sintomas em casos leves da doença. Para sintomas severos, evitar pombos e suas plumas é o único tratamento efetivo.

Prevenção

A doença pode levar anos para se desenvolver, de acordo com a equipe British Pigeon Fanciers Medical Research, que também oferece sugestões para reduzir o risco de alveolite alérgica. A equipe recomenda que todos os criadores de pombo usem mascaras protetoras e capas quando estiverem lidando com pombos, especialmente ao limpar sua habitação. Como a poeira de plumas tem menos de 5 mícrons, filtros de máscara devem ser capazes de filtrar as partículas. A habitação de pombos em si deve ser bem ventilada e não deve estar lotada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível