Criando caranguejos sapateira-do-pacífico (Dungeness) em um tanque

Escrito por frankie smith | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Criando caranguejos sapateira-do-pacífico (Dungeness) em um tanque
Use divisórias para proteger os caranguejos sapateira-do-pacífico menores de caranguejos predadores maiores. (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O caranguejo Dungeness, ou sapateira-do-pacífico, é nomeado após a cidade de Dungeness em Washington, onde primeiro foram explorados comercialmente. Ele agora está entre frutos do mar mais consumidos na costa oeste. Esse caranguejo reside em água salgada, precisando de águas profundas para prosperar. Para imitar essas condições para a criação de caranguejos, você precisará de um tanque grande de um revendedor aquarista ou de um restaurante especializado.

Outras pessoas estão lendo

Caranguejo sapateira-do-pacífico

O caranguejo sapateira-do-pacífico, ou Cancer magister, é um crustáceo, o que significa que ele tem um esqueleto exterior duro. É também um invertebrado, não tendo espinha dorsal. Sua casca é tingida de roxo, com garras de ponta branca. Esse caranguejo tem cinco pares de apêndices, a dupla da frente servindo como garras ou pinças. Ele é tanto um predador quanto uma presa, alimentando-se de pequenos peixes, pequenos crustáceos, moluscos e caranguejos de muda menores.

Habitat natural

Os caranguejos sapateira-do-pacífico são nativos da costa oeste da América do Norte, normalmente encontrados em uma área que se estende desde as Ilhas Aleutas à Califórnia. Esses caranguejos fazem suas casas em conchas, em áreas lamacentas e na grama enguia. Ele se move através dessas formas de habitats diferentes em diferentes pontos do seu ciclo de vida, progredindo do abrigo de conchas em áreas lamacentas, uma vez que requer menos proteção. Acomode o habitat e garanta as necessidades dos caranguejos sapateira-do-pacífico menores em seu tanque, proporcionando conchas para eles se abrigarem dentro delas.

Amônia

Os caranguejos começar a decompor-se imediatamente após a morte, emitindo amoníaco para dentro da água. O caranguejo sapateira-do-pacífico também produz amônia através de processos metabólicos naturais, liberando-a de suas brânquias. A amônia ainda é depositada em seu tanque devido a itens como o lodo, a lama, as fezes e a comida regurgitada. Para evitar a intoxicação por amônia, retire os caranguejos sapateira-do-pacífico doentes ou morrendo, juntamente com qualquer lixo visível perto das bocas do caranguejo. Eles usam rapidamente todo o oxigênio disponível na água exigindo bombas de funcionamento e sistemas de aeração. Os tanques precisam ser limpos regularmente, com o funcionamento adequado dos equipamentos de aeração e de filtros biológicos.

Outros requisitos

Os caranguejos devem ser colocados lentamente na água salgada que está entre 45 e 50 graus centígrados para evitar o choque. Um tanque de nível profissional de tamanho suficiente para o número de caranguejos que você pretende ter é uma obrigação. Além dos níveis de amônia, verifique os níveis de pH do seu tanque. Esses caranguejos exigem níveis de pH de 7,5 a 8,5. Invista em um fracionador de espuma, ou uma escumadeira de proteína, para aumentar os níveis de oxigênio e diminuir os níveis de amônia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível