Como criar estrela-do-mar e pepino-do-mar

Escrito por valerie a. modreski | Traduzido por nicolas sales
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar estrela-do-mar e pepino-do-mar
Há muito a se aprender sobre como construir um ecossistema marinho bom (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Criar um ambiente para uma estrela-do-mar e um pepino-do-mar requer pesquisa. Entender como criar um ecossistema marinho conducente necessita de conselhos de profissionais. Muitos aquaristas marinhos (nome para amadores de aquário de água salgada) procuram livros, revistas e fontes de informação on-line. Ter uma loja de aquário de água salgada por perto é útil, mas você pode conseguir com uma pesquisa investigativa.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tanque de 120 L (ou maior)
  • Estante para aquário
  • Sistema de filtração
  • Água doce
  • Removedor de cloro
  • Mistura de sal de aquário
  • Hidrômetro
  • Aquecedor
  • Rocha de aquário
  • Kit de teste da água
  • Removedor de amônia/cloramina
  • Luz haleto de aquário

Lista completaMinimizar

Instruções

    Montagem do aquário

  1. 1

    Coloque o aquário na estante e instale o sistema de filtração. Encha o aquário com água doce da torneira e adicione o removedor de cloro. Adicione o sal seguindo as instruções no pacote da mistura de sal do mar. Ao adicionar o sal, use o hidrômetro para determinar quando a salinidade contida estará correta. Adicione areia de recife ou substrato. Depois, instale o aquecedor e coloque a temperatura desejada. O sistema deve ser deixado ligado alguns dias para assegurar o funcionamento correto do equipamento e uma temperatura da água consistente.

    Administrar uma quantidade de sal apropriada para seu aquário marinho requer uma troca de 25 % da água semanal. Isso é feito ao remover 25 % da água no tanque e substituir por água doce. Use seu hidrômetro para assegurar os parâmetros salinos apropriados.

  2. 2

    Construa e projete sua "paisagem", ou recife, usando rocha de aquário. A rocha de aquário é uma rocha com base de aragonita (mineral) coletada dos recifes nos oceanos. Além de conter bactérias e micro-organismos beneficiais, a rocha de aquário ajuda a manter especificações saudáveis para a água. Adicione 700 g de rochas por litro de água em seu aquário e espalhe-as para uma circulação essencial da água.

  3. 3

    "Defumar" a rocha de aquário é necessário antes de adicionar estrelas ou pepinos-do-mar. Defumar significa permitir com que a rocha se adapte e comece a florescer em sua volta. Certifique-se de que a rocha está com o lado correto, virada para cima. Isso pode ser checado ou notar qual lado da rocha é mais colorido. Durante o processo de defumação, tente deixar o aquário escuro para inibir o crescimento de algas. Este processo de defumação leva de quatro a cinco semanas e durante este tempo você deve continuar as trocas de água semanais.

  4. 4

    Teste os níveis de amônia e nitrato no aquário usando um kit de teste de água de aquário marinho. Esses níveis têm que estar em zero e, se não estiverem, um removedor de amônia/cloramina deve ser adicionado. Neste ponto, monte e instale seu sistema de luz haleto. Seu aquário deve ser iluminado de 10 a 12 horas por dia e a maioria dos aquaristas usa um cronômetro caseiro para alcançar as exigências de iluminação corretas.

    Enquanto a iluminação é essencial para seu ambiente marinho, ela também ajuda no florescimento das algas. Muitos aquaristas marinhos combatem as algas ao adicionar criaturas que se alimentam desta flora oceânica, enquanto outros preferem remover pessoalmente. O método de redução de algas mais popular é a adição de um skimmer. Os skimmers se parecem com um sistema de filtração, mas são especificamente projetados para reduzir a matéria sobre a qual as algas se alimentam, diminuindo seu crescimento.

  5. 5

    Adicione as estrelas e os pepinos-do-mar. É essencial que isso seja feito lentamente, adicionando um vivente de aquário (organismo vivo) de cada vez. Quando você compra viventes de aquário eles vêm com instruções que incluem o tempo de adaptação. Permita que um vivente se adapte antes de adicionar outro. Os pepinos e as estrelas-do-mar são melhores se mantidos em um aquário marinho apenas de invertebrados. Muitos peixes se alimentam e agem agressivamente sobre essas espécies viventes. Um dos maiores riscos associados a manter as estrelas e os pepinos-do-mar é o de ficarem enroscados no sistema de filtração. Um cuidado especial deve ser tomado e os profissionais aconselham cercar as partes de sucção e esvaziamento do seu sistema de filtração com uma rede impenetrável.

  6. 6

    Alimente as estrelas-do-mar diariamente. Elas se alimentam na maioria de carnes feitas comercialmente e devem ser alimentadas com pequenas quantidades diárias, ao colocar pequenos pedaços de comida no chão de areia. Vitaminas e suplementos também devem ser dados. Pepinos-do-mar se alimentam ao se esfregar na superfície da areia e digerir as partículas de micro-algas, bactérias e fitoplânctons.

Dicas & Advertências

  • Ao comprar o equipamento para organismos vivos para o aquário, sempre siga as instruções. É importante segui-las corretamente, considerando que existem variáveis a se considerar em se falando do tamanho do tanque, o tipo e as espécies das criaturas das quais você cuida, a localização geográfica, dentre outros fatores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível