Como curar a fobia de ruborização

Escrito por jason knapfel | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O medo de ruborizar-se, também conhecido como eritrofobia, é conhecido como um medo intenso que não oferece nenhum perigo à pessoa. Os adultos que sofrem dessa doença têm consciência de que seu medo não é racional, mas isso não os impede de temer o enfrentamento, ou até mesmo o pensamento de que terão de enfrentar a situação temida. O medo de ruborizar-se causa uma dilatação repentina dos vasos sanguíneos, que por sua vez provoca um fluxo intenso de sangue nas áreas afetadas. Felizmente, há uma forma de ficar livre desse problema.

A ruborização tem tanto causas psicológicas quanto fisiológicas. As psicológicas incluem timidez ou fobia social, enquanto que as fisiológicas são atribuídas à resposta "luta ou fuga".

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Conhecer melhor essa fobia ajudará no processo de sua cura. Descubra em quais situações ela ocorre. Tome nota de onde, quando e por que a ruborização aconteceu.

  2. 2

    Procure um terapeuta especializado em terapia cognitiva comportamental. Essa forma de terapia baseia-se na ideia de que nossos pensamentos causam nossos sentimentos e comportamento, e não os fatores externos como pessoas, situações ou acontecimentos. Uma das vantagens da TCC é sua relativa brevidade. O número médio de sessões que um paciente recebe é de apenas 16 (ver referência 2).

  3. 3

    Procure um profissional da área de saúde mental ou um clínico geral para informar-se sobre os possíveis tratamentos para o medo de ruborizar-se. Essa fobia é, na verdade, uma forma de ansiedade. Algumas pessoas têm obtido sucesso na superação da eritrofobia com beta-bloqueadores, ansiolíticos e antidepressivos.

  4. 4

    Se preferir uma abordagem holística em vez de medicamentos, experimente a meditação, yoga, e técnicas de visualização e respiração.

  5. 5

    Inicie a prática de atividades físicas. O exercício possui um efeito positivo sobre a saúde mental. Para que ele seja eficaz, ele deve ser praticado por no mínimo 30 minutos, três vezes por semana. A atividade não deve ser encarada como lazer. Faça caminhadas enérgicas, ande de bicicleta, ou pratique exercícios que o façam suar.

  6. 6

    Vença sua fobia com a auto-hipnose. A hipnoterapia, tanto feita por conta própria quanto com a ajuda de um profissional treinado, fará com que encontre respostas em seu inconsciente e revelará a raiz da sua ansiedade. As técnicas de auto-hipnose incluem o uso de gravações de áudio de hipnoterapia, programas de computador que podem ser baixados ou correspondência eletrônica no conforto do seu lar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível