Curiosidades sobre a surucucu africana

Escrito por nancy hayden | Traduzido por elisa lacerda de freitas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Curiosidades sobre a surucucu africana
A surucucu africana possui tons de marrom com marcas pretas e brancas no dorso (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A surucucu africana, também conhecida como riúta, é uma cobra venenosa da família das víboras. Ela é considerada extremamente perigosa e, segundo o Zoológico de Joanesburgo, é a espécie responsável pela maioria dos casos de picada de cobra na África. O veneno é citotóxico e causa danos aos tecidos. Se a picada não for tratada, geralmente o resultado é a morte por danos nos órgãos.

Outras pessoas estão lendo

Descrição

A surucucu africana chega a cerca de 90 cm de comprimento e possui um corpo espesso e resistente. Sua cabeça é grande, achatada e de forma triangular e as narinas são grandes e largas. A coloração da pele varia de um tom quase preto ao amarelo pálido com padrões escuros em forma de ziguezague no dorso. As presas crescem até quase 2,5 cm de comprimento e são facilmente quebradas ou perdidas quando a cobra ataca, embora elas sejam capazes de se regenerar.

Hábitat

A surucucu africana é a cobra venenosa mais comum na África e pode ser encontrada a partir da ponta da África do Sul até o Marrocos e o sul da Arábia Saudita. A espécie é tão difundida e abundante que é mais fácil dizer onde ela não é encontrada do que onde ela habita. A cobra evita os desertos mais extremos e as florestas mais densas e, além disso, não é encontrada a mais de 2500 m acima do nível do mar. Ela é terrestre, ainda que possa ser vista dentro ou perto da água.

Dieta e predadores

A cobra geralmente é calma e se movimenta lentamente, por isso ela pega sua presa por meio de emboscadas. Ele se esconde e espera até que um mamífero pequeno, como um rato ou um camundongo, passe por perto. O bote é rápido e alcança até um terço do comprimento de seu corpo. As presas podem matar imediatamente algumas presas por causa do ferimento causado. A surucucu não estrangula a presa, mas espera até que ela morra antes de comê-la. Ela tem poucos predadores devido a seu veneno mortal, mas os texugos, as aves de rapina, os javalis e as cobras maiores são possíveis predadores.

Ciclo de vida

A surucucu africana é uma espécie solitária, exceto na época de acasalamento. Os machos competem uns com os outros por uma fêmea, que eles encontram ao seguir os feromônios que ela libera. As cobras incubam os ovos dentro do corpo e são vivíparas, com ninhadas de 20 a 60 filhotes que já produzem um veneno letal. Eles vivem por conta própria desde o nascimento. A expectativa de vida de uma surucucu africana é de cerca de 13 anos em estado selvagem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível