Como um dedo fraturado se cura?

Escrito por rose kivi | Traduzido por eduardo horst maidana

Outras pessoas estão lendo

Como um dedo fraturado se cura?

Fraturas nos ossos dos dedos são muito comuns

This public domain illustration of the human finger was originally published in the 20th U.S. edition of Gray's Anatomy of the Human Body, originally published in 1918

Fratura de dedo

Uma fratura de dedo consiste em um osso quebrado ou trincado. Essas fraturas podem ser bastante dolorosas devido à mobilidade dos dedos, e são comuns devido aos ossos dessa região serem pequenos e muito usados, tornando-se propensos a lesões. É importante realizar o tratamento de uma fratura de dedo com um médico pois, se não tratada corretamente, ela pode resultar em dor e disfunções irreparáveis no dedo. Os ossos dos dedos devem estar corretamente alinhados para que as articulações funcionem adequadamente e sem dor.

Tratamento

O médico analisa a fratura do dedo com uma radiografia, para ver a extensão do dano. A maioria das fraturas de dedo não são sérias e podem ser tratadas sem intervenção cirúrgica. O médico usa suas mãos para empurrar o osso de volta no lugar e alinhá-lo corretamente. Uma tala então é aplicada para manter o alinhamento correto. Ela é geralmente utilizada por três semanas enquanto o osso se cura. Normalmente, após esse tempo, o osso se fortalece o suficiente para que a tala seja removida, mas só estará totalmente curado após alguns meses. Os sinais de fratura podem continuar aparecendo nas radiografias por alguns anos. As fraturas mais sérias podem necessitar de intervenção cirúrgica para fixar o osso de volta no lugar. A cirurgia é realizada por um cirurgião ortopedista. Durante a cirurgia, pinos são inseridos nos ossos para fixá-los no alinhamento correto. A duração da recuperação depois das cirurgias varia conforme o grau da lesão e a invasividade da cirurgia.

Cura

O corpo tem uma incrível capacidade de se curar. Os ossos fraturados são curados em três passos. 1) Inflamação: O local da lesão incha. A inflamação é causada por um aumento do fluxo sanguíneo para a região, com o intuito de levar células do sistema imunológico para a área, que por sua vez removerão o tecido danificado. 2) Reparo: Após a remoção do tecido danificado, o corpo começa a criar o calo ósseo externo, que é uma estrutura óssea temporária. A princípio o calo externo é fraco e propenso a lesões, mas conforme ele cresce, se calcifica e fica mais forte. O calo externo estabiliza o local da lesão. 3) Restauração: após a formação do calo externo, o corpo trabalha para construir um novo osso e absorve o calo externo conforme o faz. Pessoas mais jovens possuem uma restauração óssea e um processo de cura mais rápido do que as mais velhas.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media