Conhecimento

Desenvolvimento direto vs desenvolvimento indireto

Escrito por ashley seehorn | Traduzido por maria renata c. m. siqueira
Desenvolvimento direto vs desenvolvimento indireto

Borboletas, que começam como lagartas, passam por um desenvolvimento indireto.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

O desenvolvimento direto e o indireto são termos usados para descrever os diferentes processos do desenvolvimento animal. O desenvolvimento animal começa com um ovo fertilizado. A diferença entre o desenvolvimento direto e o indireto está na forma em como é desenvolvida a fase jovem da vida. O caminho da concepção até a fase adulta onde o animal é sexualmente maduro é bem diferente nestes dois processos.

Outras pessoas estão lendo

Diferenciação de células

Depois da fertilização de um óvulo, a célula resultante começa a se dividir. Esta divisão causa a replicação celular que vai levar a especialização do zigoto. Especialização ou diferenciação celular é causada por genes que são ativados, traduzidos ou transcritos. As células também podem ser diferenciadas com os químicos presentes fora da célula como: álcool, poluentes e outros. O animal dentro do ovo é alimentado por uma gema rica em gordura e proteína. O tamanho da gema dependerá do tipo de desenvolvimento animal, direto ou indireto.

Desenvolvimento direto

O desenvolvimento direto se refere ao processo de desenvolvimento no qual o animal nasce em uma forma pequena de sua versão adulta. Não há grandes mudanças na forma do animal da infância a maturidade. Animais que passam por um processo de desenvolvimento direto podem ter uma gema maior para nutrir o jovem, ou ele pode ser nutrido diretamente pelo corpo da mãe. Ambos os métodos de nutrição do jovem animal necessitam de uma grande quantidade de energia da mãe. E é por isso que o número de filhotes deve ser necessariamente pequeno.

Desenvolvimento indireto

No desenvolvimento indireto, a forma como o animal nasce é bem diferente de sua forma adulta. O embrião sai do ovo em um forma de larva. A larva passa por uma metamorfose drástica para atingir a fase adulta. Os animais que passam pelo processo de desenvolvimento indireto podem botar muitos ovos. Como os ovos são pequenos, eles tem relativamente pouca gema e por isso a larva tem que se desenvolver e sair do ovo rapidamente.

Animais associados ao desenvolvimento direto

Répteis, pássaros e mamíferos passam normalmente pelo processo de desenvolvimento direto. Isso significa que os filhotes desta espécie nascem parecendo uma versão em miniatura de seus pais adultos. A sobrevivência dessas criaturas na terra é dada em parte pelo tipo do ovo do qual a prole sai. A série de quatro membranas fora do embrião permite a troca de gases, o controle dos dejetos e a proteção do feto.

Animais associados ao desenvolvimento indireto

Alguns equinodermos, anfíbios e insetos passam pelo processo de desenvolvimento indireto, como as borboletas, mariposas, sapos e etc. A larva ou forma jovem dessas criaturas normalmente fazem parte de um nicho ecológico diferente do que a sua forma adulta faz parte. Por isso, mais animais jovens podem existir juntos do que seria possível em sua forma adulta.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media