As desvantagens de rosas geneticamente modificadas

Escrito por charles pearson | Traduzido por juarez jr.
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As desvantagens de rosas geneticamente modificadas
A pesquisa genética pode mudar a natureza das rosas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Todos os organismos possuem DNA, armazenando instruções da divisão celular para determinar como um organismo se comporta. Os cientistas descobriram maneiras de alterá-lo para mudar o modo como as plantas crescem, criando várias plantas com propriedades incomuns. Por exemplo, no Japão, cientistas desenvolveram rosas com pétalas azuis. No entanto, algumas pessoas podem encontrar desvantagens nas rosas geneticamente modificadas.

Outras pessoas estão lendo

Controle de preços

Às vezes, plantas geneticamente modificadas podem ser muito caras devido aos engenheiros genéticos alterarem as plantas para evitar que jardineiros colham as sementes e as replantem, permitindo o aumento dos preços sempre que lhes for conveniente. Os clientes podem achar as rosas geneticamente modificadas muito caras.

Exagero

O debate sobre a superioridade de plantas geneticamente modificadas pode ser exagerado. Técnicas de cultivo convencionais podem funcionar melhor do que as técnicas de cultivo que utilizam engenharia genética.

Purismo

Algumas pessoas são puristas e consideram plantas geneticamente modificadas uma aberração da natureza. Eles preferem cultivar as plantas de maneira tradicional. Quando os cientistas lançam rosas geneticamente modificadas no mercado, os consumidores podem sentir dificuldade em encontrar rosas que não sejam modificadas geneticamente.

Efeitos indesejáveis

Aqueles que plantam rosas geneticamente modificadas podem achar que elas são muito resistentes e que os jardineiros são incapazes de se livrar delas com o uso de herbicidas. Este problema é um exemplo da natureza imprevisível das plantas e outros organismos geneticamente modificados. Os cientistas nem sempre entendem completamente como a modificação genética vai afetar um organismo, e isso pode criar efeitos colaterais indesejáveis. Enquanto as rosas modificadas inicialmente podem ter as propriedades desejáveis​​, quando estas se reproduzem, há menos certeza sobre quais genes serão ou não repassados para uma nova geração.

Solos alterados

Alguns dos genes colocados em rosas geneticamente modificadas podem ir para outros organismos do solo, criando mudanças que os biólogos e fazendeiros podem não entender; podendo criar novos problemas que exigem mais pesquisas para resolver e que podem não ter solução.

Resistência a pesticidas

Modificar geneticamente as plantas pode deixá-las resistentes a pragas, reduzindo o custo de plantio. No entanto, os insetos que se alimentam delas podem eventualmente desenvolver resistência aos pesticidas, tornando-os mais difíceis de controlar.

Natureza da rosa

A engenharia genética pode fazer as rosas terem vários cheiros diferentes, como manteiga e cerveja, trazendo inovação para o mercado. Contudo, modificando geneticamente o cheiro das rosas, elas perdem a característica original que a definiu.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível