Dieta de um paciente de transplante de médula óssea

Escrito por eimen ung | Traduzido por larissa frança
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dieta de um paciente de transplante de médula óssea
Pessoa doente (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

As células brancas do sangue (CBS), que ajudam o corpo a combater infecções, são produzidas pela médula óssea. Se você é submetido a um transplante de médula óssea (TMO) por causa de um câncer, estará essencialmente conseguindo um novo sistema imunológico. O processo inteiro, que leva várias semanas, consiste em vária fases: quimioterapia de altas doses, o transplante em si (o doador pode ser você mesmo ou outra pessoa) e a recuperação das CBSs, outras células e sistemas do corpo. Pelo sistema imunológico estar comprometido após a quimioterapia, seu corpo pode não ser capaz de lutar contra infecções se você ficar doente. Tome precauções quando as CBSs estão baixas, uma delas é a dieta.

Outras pessoas estão lendo

O que é a dieta neutropenica?

Seu médico pode prescrever uma dieta neutropênica quando começar a quimioterapia. Ela é simplesmente alimentos que são completamente cozidos, pasteurizados ou processados para matar as bactérias e outros micróbios, dessa maneira reduzindo seu risco de doenças causadas pela comida.

Alimentos para comer

Tenha uma dieta saudável e balanceada com muitas proteínas. Elas são essenciais para a cura, então coma muito frango, peixe, carne, porco e ovos, contanto que estejam completamente cozidos, o calor intenso mata os micróbios nas superfícies dos alimentos. Consuma frutas e verduras somente se estiverem cozidos, enlatados ou congelados. Beba sucos engarrafados, enlatados ou congelados. Após a quimioterapia você pode sentir náuseas, vômitos ou feridas dolorosas na boca. Se comer tornar-se desconfortável, o médico pode recomendar bebidas de suplementos ricos em calorias.

Alimentos para evitar

Evite alimentos não cozidos, lavados ou crus. Não coma nada que foi cozido, mas deixado na temperatura ambiente por mais de duas horas, porque as bactérias podem multiplicar-se se a comida não for refrigerada. Não beba água de poço ou suco espremido em casa, porque podem abrigar bactérias. Evite sorvetes e iogurtes de máquinas porque podem não ter sido propriamente produzidos, pegue um pacote da sessão de congelados no supermercado. Não compre comida de vendedores de rua, porque eles não são sempre higiênicos.

Jantando fora

Você pode ser liberado antes que as restrições dietéticas sejam feitas e decidir comer fora. Escolha estabelecimentos com boa reputação. Pode-se necessitar entrar em contato com o departamento de saúde local para obter relatórios. Fique longe de saladas de bares, buffets e delicatessens, já que não é claro por quanto tempo os alimentos estiveram expostos. Vá quando não estiver cheio e peça ao anfitrião para colocá-lo em uma área com pouco movimento. Ter poucas pessoas ao seu redor diminui o risco de pegar algo que eles possam abrigar.

Começando uma dieta normal

A decisão de começar uma dieta normal é entre você e o seu médico. Os pacientes que receberam a sua própria médula óssea permanecem na dieta neutropênica por 30 dias, enquanto aqueles que necessitaram de doadores geralmente permanecem por 100 dias. A decisão é baseada em fatores como a contagem de células brancas e infecções ativas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível