Qual a diferença entre um transformador rotativo e um conversor de fase rotativo?

Escrito por amy s. jorgensen | Traduzido por fernando telles
Qual a diferença entre um transformador rotativo e um conversor de fase rotativo?
Transformadores rotativos podem ser encontrados em videocassetes, mas conversores de fase rotativos são maiores (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Transformadores e conversores rotativos desempenham papéis importantes na geração de eletricidade para motores. Eles também são usados ​​com corrente alternada (CA) em sistemas elétricos em vez de sistemas de corrente contínua (CC). Após essas duas semelhanças, as necessidades e diferenças nos propósitos deles se tornam claras.

O que é um transformador rotativo?

Assim como o nome sugere, os transformadores rotativos são um tipo de transformador concebido para alterar a tensão de correntes alternadas. Para fazer isso eles possuem bobinas e um núcleo de metal. Quando a bobina primária recebe tensão, é criado um campo magnético flutuante ao redor do núcleo de metal. Em seguida, esse campo magnético provoca uma tensão diferente na segunda bobina. Com um transformador rotativo, essas variações de tensão precisam ser acopladas entre duas partes de um motor ou máquina, porque as peças precisam rodar em unissonância. Dentro dos transformadores rotativos, as bobinas ou enrolamentos primários e secundários são colocados em diferentes metades de um núcleo redondo de metal.

Por que usar um transformador rotativo?

Os transformadores rotativos são úteis quando as peças dentro de uma máquina precisam compartilhar um sinal eletrônico. Em um videocassete, por exemplo, a máquina precisa enviar um sinal elétrico para as cabeças de um cilindro; o transformador rotativo permite que o sinal seja compartilhado entre os componentes. Em alguns motores elétricos, sensores de torque utilizam esses transformadores para gerar um feedback sobre a velocidade e torque do motor, de modo que ele possa ser controlado eletronicamente.

O que é um conversor de fase rotativo?

Um conversor de fase rotativo muda uma única fase de corrente alternada para corrente alternada trifásica. Com uma corrente alternada, a direção do movimento da carga elétrica inverte periodicamente, diferente do que ocorre em uma corrente contínua, que percorre uma única direção. Em um sistema de fase única, todas as correntes invertem o sentido simultaneamente. Já em um sistema trifásico, as mudanças de direção ocorrem em intervalos de modo que as correntes se sobreponham.

Por que usar um conversor de fase rotativo?

Conversores de fase rotatórios são mais usados​ em máquinas projetadas para usar um poder trifásico do que em máquinas que trabalham com uma única fase, principalmente por serem mais acessíveis e convenientes, e também no caso de máquinas pesadas. Motores rodando a 3 cv ou superior quase sempre precisam de energia trifásica. No entanto, a energia monofásica é a que está disponível para a maioria das fábricas e empresas para que os conversores de fase rotativo façam com que o fornecimento de energia seja utilizável pelo equipamento, resultando em maior eficiência e menor custo para o proprietário.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível