Mais
×

Diferenças entre o Egito antigo e o Egito moderno

Atualizado em 17 abril, 2017

O Egito já existiu de várias formas desde o começo da civilização humana. Conquistas militares e revoluções políticas causaram muitas mudanças fundamentais durante aquele tempo.

As conquistas militares e as revoluções políticas causaram mudanças drásticas no Egito (NA/AbleStock.com/Getty Images)

Religião

Hoje em dia, o Egito está no centro do mundo muçulmano, enquanto no passado ele era dominado por diversas crenças politeístas e pelo cristianismo.

Governantes

As mudanças religiosas ocorreram junto com a evolução do governo egípcio. Os governantes originais dos faraós foram dominados por Alexandre, o Grande. Seus descendentes mesclaram as tradições gregas e egípcias até que o Império Romano conquistou o Egito e o subjugou sua cultura. Roma e seus estados sucessores dominaram o Egito até o advento do Islam no século sétimo depois de Cristo.

Língua

Esses novos governantes trouxeram uma nova cultura e língua. A língua original do Egito dos hieróglifos foi esquecida. Ela ficou assim até a expedição comandada por Napoleão descobrir uma pedra que traduzia a língua em grego em 1799.

Geografia

A geografia do Egito também mudou desde seu aparecimento, em grande parte por conta da represa Alta de Assuã. A represa ajudou a expandir a irrigação em volta do rio Nilo e criou o grande lago Nasser.

Significância política

No entanto, uma constante ao longo da história do Egito tem sido sua importância política. Essa importância se transferiu do papel de super poder regional dos tempos antigos para o papel de celeiro agrícola de Roma, e para o papel de centro cultural do mundo árabe.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article