Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural

Escrito por joel le blanc | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural
Viver no campo, em uma cidade pequena ou em um grande centro urbano: é preciso escolher aquilo que combina com a sua personalidade (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Quando for decidir onde morar e qual estilo de vida é apropriado para você, existem diversos fatores que devem ser considerados, como empregabilidade, interação social e saúde. Os estilos de vida rural e urbano variam de muitas formas e os indivíduos podem fazer uma escolha entre os dois baseados naquilo que conhecem de si mesmos e na qualidade de vida que apreciam.

Outras pessoas estão lendo

Lazer

Atividades de lazer variam bastante conforme o ambiente onde se mora, seja rural ou urbano. Em comunidades rurais, dependendo do país, há uma grande variedade de atividades ao ar livre que aproximam da natureza, como caminhar, cavalgar, acampar, nadar, andar de caiaque, explorar trilhas e praticar jardinagem. Em contraste, o ambiente urbano promove maiores oportunidades de negócios, entretenimento e cultura, como museus, galerias de arte, cinemas, cafés, restaurantes, clubes noturnos e shoppings.

Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural
A natureza é muito mais acessível em áreas rurais (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Estresse

As complexas demandas de viver em um ambiente urbano proporcionam estresse elevado nos indivíduos e afetam seu bem-estar emocional. Muitas pessoas acabam experimentando a solidão e o isolamento nas cidades grandes, e as pesquisas mostram que estas sensações podem levar a problemas de saúde mental. Em um estudo publicado em "The British Journal of Psychiatry", em 2004, a Dr. Kristina Sundquit e seus parceiros descobriram que mulheres e homens residentes em ambientes urbanos apresentam maiores taxas de depressão e psicoses do que os moradores das áreas rurais. Os fatores mais importantes que tornam os habitantes da cidade grande mais susceptíveis à depressão são: morar sozinho, status de imigrante e nível educacional. Contatos sociais, suporte da comunidade e maior quantidade de amigos fazem do ambiente rural uma escolha melhor para evitar o estresse.

Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural
Sentimentos de isolamento podem afetar a saúde mental (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Saúde

Há evidências que mostram que pessoas que moram nas áreas rurais são mais saudáveis e apresentam maior qualidade de vida do que aquelas que moram em ambientes urbanos. Em um estudo de larga escala produzido em "The Journal of Epidemiology and Community Health", em 2006, pelo Instituto de Pesquisa e Serviços de Saúde da Holanda, os pesquisadores descobriram que, quanto maior o contato com áreas verdes, melhor a saúde do indivíduo. Isto é mais perceptível em idosos e jovens, cuja saúde responde positivamente aos espaços verdes. Ambientes rurais proporcionam uma saúde melhor do que os urbanos, e os indivíduos preocupados com o seu bem-estar certamente se beneficiariam do estilo de vida rural.

Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural
Áreas verdes exercem um efeito positivo na saúde (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Emprego

Ao procurar por emprego, será mais difícil encontrar um em áreas rurais. A baixa diversidade da economia significa que haverá dificuldades para muitas pessoas encontrarem empregos, e elas muitas vezes se sentem obrigadas a mantê-los por falta de opção. Ainda que as taxas de pobreza sejam maiores nos centros urbanos do que na área rural, a pobreza nas áreas rurais é muito mais persistente. Além disso, é mais difícil para as minorias étnicas encontrarem serviço nas áreas rurais do que nas urbanas.

Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural
Muitas indústrias oferecem empregos melhores em centros urbanos (Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images)

Educação

Uma das maiores razões para as pessoas deixarem o ambiente rural, além da falta de emprego, é a procura pela educação fornecida em instituições terciárias. Todos os anos, milhares de jovens saem de cidades pequenas e rurais para morar em centros urbanos, frequentar faculdades e universidades. Alguns centros urbanos abrigam faculdades que oferecem educação superior, e a educação a distância oferece aos estudantes a chance de morar em áreas rurais enquanto estudam. Entretanto, as cidades frequentemente oferecem uma quantidade muito maior de cursos e oportunidades de estudo e de avanços na carreira.

Diferenças entre os estilos de vida urbano e rural
Os jovens muitas vezes precisam se deslocar para uma cidade para conseguirem um melhor nível educacional (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível