Diferentes estilos de supervisão de gerentes

Escrito por luanne kelchner | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferentes estilos de supervisão de gerentes
Cada gerente tem uma abordagem individual para gerenciar funcionários (top manager with cellphone image by Alexey Klementiev from Fotolia.com)

Gerenciar uma equipe de funcionários requer qualidades de liderança e habilidades de supervisão. Um supervisor pode usar um estilo de liderança que se adapte à sua personalidade e às necessidades da organização. Os funcionários também desempenham um papel no tipo de estilo de liderança que o gerente pode usar. Um gerente habilidoso tem a capacidade de se adaptar às novas necessidades da organização e dos funcionários.

Outras pessoas estão lendo

Estilos clássicos

O nível de controle que um supervisor exerce sobre os funcionários determina qual dos estilos de liderança clássicos ele está usando para gerenciar sua equipe. Um estilo "laissez-faire" de liderança utiliza muito pouco controle ao dirigir as atividades dos trabalhadores. Esta abordagem funciona bem para os empregados que necessitam de muito pouca atenção, supervisão ou direção. Com esse estilo, o gerente pode comunicar uma mensagem aos funcionários e ter certeza de que eles cumprirão as metas do departamento ou organização.

Em um estilo de liderança autocrático o gerente exerce controle completo sobre os empregados. Esse tipo de estilo de liderança é o oposto direto da abordagem laissez-faire. Um líder autocrático raramente envolve funcionários na tomada de decisões e isso pode deixá-los ressentidos. O estilo pode funcionar em situações de crise, mas para funcionários altamente qualificados e independentes, esse tipo não é eficaz.

Os líderes democráticos são uma combinação do laissez-faire e do autocrático. Esse estilo de líder usa as opiniões dos funcionários na tomada de decisões, mas em última análise, a palavra final é dele. Esse estilo de liderança funciona bem para motivar os funcionários enquanto mantém a ordem no local de trabalho.

Líderes transformadores

O estilo transformador funciona bem em situações que exigem uma forte visão ou um líder inspirador. Esse estilo de liderança exige funcionários capazes de atentar para detalhes enquanto o líder se ocupa da visão global.

Líderes transacionais

Um líder transacional vê a relação empregado e empregador como uma transação entre os dois indivíduos. A empresa ou organização paga ao empregado pelo cumprimento integral. Os líderes transacionais são muito semelhantes aos autocráticos e esperam submissão por parte dos empregados. Esse tipo de liderança não funciona bem em todas as situações. Alguns líderes usam esse estilo com os trabalhadores não qualificados, onde é necessário maior controle.

Líderes situacionais

O líder situacional muda o estilo de liderança de acordo com a situação. Um líder com esse método alternará entre uma abordagem orientada à tarefas e uma orientada para as pessoas ao gerir um departamento ou empresa. Os líderes eficazes devem ser capazes de avaliar as necessidades da organização e dos funcionários, de modo a determinar a melhor abordagem para cada situação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível