O que é a displasia do cérvix?

Escrito por r.j. bowman | Traduzido por kelly isay
O que é a displasia do cérvix?

Pode ser assustador saber que o Papanicolau está alterado, mas mantenha a calma

woman washing her face image by Jarek Miarka from Fotolia.com

A displasia do cérvix é algo que afeta muitas mulheres a cada ano. Pode ser assustador ouvir que há resultados anormais em seu Papanicolau, mas saber e conhecer a displasia cervical pode ajudar a acalmar seus medos. Nos dias modernos, casos severos ou fatais são quase inexistentes, especialmente em mulheres que fazem o exame todos os anos.

Outras pessoas estão lendo

Definição

A palavra displasia vem de duas outras palavras. "Dis" significa anormal e "plasia" significa crescimento. Portanto, displasia significa crescimento anormal. O cérvix é a abertura do útero que o conecta à vagina. A displasia cervical é um crescimento anormal do cérvix, ou seja, esse diagnóstico diz que a mulher possui células crescendo desordenadamente nessa região.

Tipos

A displasia do cérvix é categorizada em três níveis. O primeiro é a displasia leve, também chamada de CIN I. Isso significa que há apenas algumas células com crescimento anormal. A displasia moderada do cérvix é chamada de CIN II. Nesse caso, o cérvix está composto por metade de células normais e a outra metade, de anormais. Em displasia cervical severa, chamada de CIN III, o cérvix já foi tomado por células anormais e é considerado um câncer cervical não invasivo.

Displasia cervical moderada e leve

A displasia leve é, às vezes, tratada por médicos. Geralmente, deixa-se que a displasia siga sem tratamento por um tempo, apenas monitorando-a. Isso é feito porque, em 60% dos casos, o corpo consegue se curar sozinho. Outros médicos escolhem tratar o problema imediatamente para parar o seu progresso. A displasia moderada sempre é tratada, já que, se ela for deixada como está, provavelmente se desenvolverá em uma displasia severa, que é considerada um câncer.

Displasia cervical severa

A displasia severa do cérvix também é chamada de carcinoma in situ. Isso significa "câncer no local". Nesse ponto, a displasia se tornou cancerosa, mas as células estão apenas na parte externa da pele cervical, sendo facilmente tratáveis e não trazem risco de morte. A displasia cervical atinge a categoria severa quando toda a superfície do cérvix foi tomada por células anormais. O tratamento ainda é bem simples, já que as células ainda estão nas camadas mais externas da pele.

Câncer cervical invasivo

O câncer cervical invasivo é o resultado da ausência de tratamento da displasia do cérvix. O "câncer no local" começa a espalhar da superfície da pele para o resto do corpo. Nesse ponto, o tratamento é muito mais complicado e o câncer pode se espalhar para outros órgãos. Uma mulher que fizer o Papanicolau anualmente quase nunca chegará nesse estágio, já que o médico é capaz de detectar o crescimento anormal no início e tratar a displasia antes que ela tenha a chance de se tornar severa.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media