×
Loading ...

Doenças felinas e respiração pela boca

Atualizado em 21 novembro, 2016

A respiração pela boca em felinos é uma forma de dificuldade para respirar e pode indicar uma variedade de doenças, como asma, efusão pleural, infecções respiratórias e vírus da imunodeficiência felina. Para entender os sintomas do gato, é importante saber como funciona o pulmão de um felino. O entendimento de anatomia e funcionamento básico pode ajudar os donos de gatos a fornecer informações mais precisas aos veterinários. Uma descrição detalhada dos sintomas, incluindo respiração pela boca, é essencial para diagnóstico e tratamento apropriados.

A respiração pela boca, no gato, pode ser um sinal de várias doenças sérias (cat licking mouth image by pixelcarpenter from Fotolia.com)

Anatomia do pulmão felino

De acordo com os especialistas da Cornell Feline Health Center, o pulmão de um gato é similar em estrutura e funcionamento ao de um ser humano. Os pulmões são dois órgãos parecidos com sacos, próximos um do outro e localizados um de cada lado do coração. Sua principal função é a ventilação e perfusão. O Cornell Feline Health Center definea ventilação como o ato de respirar, enquanto perfusão é o ato de remover oxigênio do ar e trocá-lo por dióxido de carbono.

Loading...

Asma

A respiração pela boca é um sintoma comum de asma felina. O Cornell Feline Health Center afirma que a asma é uma das doenças pulmonares mais comuns em gatos domesticados. De acordo com o site Pet Well-being, ela é comumente desencadeada por uma reação alérgica, que causa uma produção excessiva de muco, impedindo a respiração. A constrição das vias aéreas e a produção de muco associadas à asma são uma doença crônica que pode piorar com o tempo. Apesar dela ser crônica, ou seja, sem cura completa, um diagnóstico e um tratamento apropriados podem aumentar a expectativa de vida do gato. Um ataque de asma agudo pode ser fatal se não for tratado.

Efusão plaural

A respiração pela boca e outras dificuldades para respirar também são sintomas de efusão pleural. Essa doença envolve o contorno do coração e do pulmão, conhecido como pleura. De acordo com o Cornell Feline Health Center, várias doenças cardíacas subjacentes podem fazer com que a pleura inflame e a área se encha de fluídos. Isso faz com que o animal respire pela boca. Algumas possíveis causas de efusão pleural incluem insuficiência cardíaca, doença renais, infecções, câncer e ferimento nas vias aéreas.

Infecções respiratórias

Infecções respiratórias são outras doenças que podem resultar em sintomas como a respiração pela boca. De acordo com o site Pet Place, essas infecções, nos gatos, são similares aos resfriados em pessoas. Infecções no nariz, garganta e sinusites são comuns e contagiosas entre os gatos domésticos. Elas causam secreções oculares e nasais, febre, espirro e respiração pela boca. O site The Manhattan Cats avisa que esse sintoma, acompanhado de outros sinais de resfriado, devem ser tratados com emergência, pois pode indicar uma doença mais séria.

Vírus da imunodeficiência felina e outras preocupações

De acordo com o Cornell Feline Health Center, a respiração pela boca também pode ser sinal de vírus da imunodeficiência felina ou evidência de infecção por parasita. Alguns parasitas comuns que podem causar problemas respiratórios são os vermes cardíacos e pulmonares.

Diagnóstico e tratamento

Devido à variedade de doenças que podem levar um gato a respirar pela boca, é importante que os donos prestem atenção em seu felino e seus sintomas. Chame o veterinário aos primeiros sinais de problemas respiratórios e verifique a presença de outros sintomas ou condições. De acordo com o Cornell Feline Health Center, em situações de emergência, os veterinários provavelmente conduzirão um exame rápido antes de tentar acalmar a respiração do gato com oxigênio. Depois que a crise houver passado, a condição do gato será avaliada e um tratamento prescrito, que pode incluir antibióticos, medicamentos orais para asma ou inaladores e esteroides.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...