Dor abdominal na 15ª semana de gestação

Escrito por regan hennessy | Traduzido por camille sampaio
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Qualquer dor durante a primeira metade da gravidez pode ser alarmante, mas a dor abdominal em particular pode fazer com que você imagine todos os tipos de cenários assustadores sobre sua gravidez e seu bebê. Embora a dor abdominal na 15ª semana possa ser causada por um problema sério, pode também ser apenas uma parte rotineira da gravidez.

Outras pessoas estão lendo

Aborto

Embora a maioria dos abortos (a perda espontânea da gravidez) ocorra durante as primeiras 13 semanas, você ainda pode passar por um aborto até a 20ª semana, de acordo com a Associação Americana de Gravidez. Abortos são comumente acompanhados por dor abdominal severa além de sangramento vaginal, dor nas costas e a passagem de uma descarga nos tecidos. Já que você pode ter uma hemorragia ou desenvolver uma infecção, o tratamento imediato é extremamente necessário se achar que está tendo um aborto.

Ligamentos

Uma dor aguda e repentina na parte inferior do abdômen durante a sua 15ª semana de gravidez geralmente indica o esticamento de ligamentos, uma mudança corporal normal nesta etapa da gravidez. O suporte principal do seu útero são os seus ligamentos, que se esticam durante a gravidez conforme o seu útero vai aumentando de tamanho. A Associação Americana de Gravidez afirma que movimentos rápidos como levantar-se, tossir ou rir podem fazer com que os seus ligamentos se contraiam rapidamente, causando uma dor abdominal aguda e breve que pode se estender para a sua virilha. Descansar e mudar de posição devagar são as soluções para minimizar este tipo de dor.

Infecção do trato urinário

Geralmente chamada de infecção na bexiga, infecções no trato urinário são tratáveis (causadas por bactérias) e frequentemente ocorrem durante o início ou a metade da gravidez. De acordo com a Associação Americana de Gravidez, o peso aumentado do útero decresce ou bloqueia o fluxo da sua urina da sua bexiga, o que geralmente leva a infecções. Adicionalmente à dor abdominal e a sensibilidade centrada na área da bexiga, outros sintomas são o desconforto ao urinar, sangue na urina ou urina com aspecto ou cheiro incomuns.

Falso trabalho de parto

Embora a maior parte das mulheres em sua primeira gravidez não passem por experiências de contrações falsas até semanas antes da data do parto, algumas sentem as contrações Braxton-Hicks durante o segundo e terceiro trimestres. Caracterizado pelo irregular e doloroso enrijecimento do útero, as contrações de Braxton-Hicks são a maneira do seu corpo se preparar para o parto. Se a dor diminuir ou parar quando você andar, ou se não começar a ficar mais intensa com o tempo, você provavelmente está sentindo contrações que indicam um alarme falso.

Avaliando sua dor

Se você sentir qualquer dor abdominal durante a gravidez, deite-se imediatamente e monitore seus sintomas. Determine a localização e a severidade da dor, assim como a presença de outros sintomas sérios, como sangramento vaginal, cólicas, dor nas costas ou náusea. Tipicamente, a dor abdominal vai diminuir dentro de instantes após se deitar. Se a dor não diminuir, ou se você estiver experimentando outros sintomas graves, chame seu médico obstetra ou parteira imediatamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível