Dor no osso pélvico durante a gravidez

Escrito por nancy fann-im | Traduzido por debora joi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dor no osso pélvico durante a gravidez
A dor na área pélvica é comum durante a gestação (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Muitas mulheres grávidas esperam sentir náuseas ou oscilações de humor e são surpreendidas ao descobrir que sua condição pode trazer uma variedade de dores e sofrimentos, em particular na área pélvica. Essa condição, chamada de disfunção da sínfise púbica (DSP), é um problema bastante comum entre as mulheres grávidas.

Outras pessoas estão lendo

O que causa a DSP?

A disfunção da sínfise púbica é causada por um hormônio chamado relaxina, que o corpo da mulher produz durante a gravidez. A relaxina deixa diferentes articulações do corpo soltas para permitir que ele acomode um feto em desenvolvimento.

Como a relaxina afeta o osso pélvico?

A relaxina trabalha para suavizar os ligamentos, principalmente do osso pélvico, para que haja mais espaço para o bebê no trabalho de parto enquanto ele se esforça para sair. Como resultado, muitas mulheres têm a sensação de que suas pernas estão se separando de seus corpos. Para algumas mulheres, cujos ligamentos tornam-se demasiadamente frouxos, a sensação fica tão forte que começa a tornar-se dolorosa.

Sintomas

A DSP normalmente se manifesta como dor na região pélvica, que pode variar de leve a grave, especialmente quando as pernas são movidas em direções diferentes. Abrir as pernas para sair do carro, rolar na cama movimentando uma perna sobre a outra ou até mesmo caminhar são ações que poderiam provocar dor. A maioria das mulheres vivenciam a DSP durante o segundo trimestre. A dor nem sempre está contida na área pélvica e, em alguns casos, pode irradiar-se para a virilha e nádegas.

Tratamentos

Se você está tendo muita dor em sua área pélvica, consulte seu médico para possíveis tratamentos. Você pode ser aconselhada a fazer exercícios pélvicos simples, como exercícios de Kegel e inclinação pélvica, para fortalecer os músculos da área, mas certifique-se de executar a inclinação com muito cuidado para evitar ferir-se ainda mais. Ele pode sugerir que você use uma cinta de suporte pélvico, que ajuda a manter os ossos no lugar, ou ainda prescrever alguma medicação para aliviar a dor. Lembre-se de nunca tomar qualquer medicação sem o consentimento do seu médico, já que os componentes podem causar efeitos adversos em seu bebê.

A dor some eventualmente?

Depois de alguns meses de gravidez, muitas mulheres esquecem como é ser normal e começam a temer que a condição que estão vivenciando nunca mais suma. No entanto, tenha certeza de que a dor que você está enfrentando no osso pélvico cessará. Você pode continuar a sentir a dor por alguns meses após o parto, enquanto seus ligamentos retraem e seu corpo se esforça para voltar à sua forma pré-gravídica, mas você acabará se sentindo como antes eventualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível