Educação e ciência

Efeitos negativos em jovens que ficam muito tempo em ambientes fechados

Escrito por tessa holmes | Traduzido por ana carolina fernandes
Efeitos negativos em jovens que ficam muito tempo em ambientes fechados

Brincadeiras saudáveis e ativas podem ocorrer do lado de fora também

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Itens tecnológicos, como televisores, computadores, videogames, telefones celulares, aparelhos de música e versões combinadas de todos eles ocupam grande parte do tempo da juventude atual. Já que muitas dessas atividades ocorrem dentro de casa, as crianças se esquecem e escolhem não sair para brincar. Embora a utilização destes itens com moderação possa ser divertido e envolvente, ficar dentro de casa o tempo todo pode ter efeitos negativos na vida de uma criança, que vão muito além da infância.

Outras pessoas estão lendo

Efeitos sociais

Crianças que ficam dentro de casa por longos períodos não desenvolvem habilidades de interação social necessárias para se tornarem indivíduos saudáveis​​ e bem equilibrados. Por causa da distrações como televisão, computadores e videogames, elas tendem a viver vidas solitárias. Assistir televisão demais dentro de casa leva a passividade e falta de pensamento pró-ativo e jogar muitos videogames pode levar a violência e agressão, que diminuem as habilidades de resolução de conflitos da criança na sociedade.

Efeitos mentais e emocionais

Crianças que ficam dentro de casa por longos períodos sofrem de estresse mental e emocional, que crianças que passam tempo realizando atividades ao ar livre não demonstram (TDAH). Lazer ao ar livre reduz os sintomas de Déficit de Atenção e Hiperatividade em crianças, enquanto aquelas que passam muito tempo dentro de casa têm o efeito oposto. Ficar constantemente em ambientes fechados aumenta as chances de estresse e depressão em crianças e aumenta a agitação e hiperatividade, mesmo em crianças não diagnosticadas com TDAH.

Efeitos físicos

Os efeitos físicos de passar muito tempo dentro de casa são grandes e inegáveis. Crianças que tempo o suficiente brincando ao ar livre são propensas à obesidade e outras doenças relacionadas à obesidade, como diabetes e pressão arterial elevada. Essas crianças muitas vezes não recebem quantidades suficientes de vitamina D e seus músculos e ossos não são tão fortes quanto os das outras crianças que desfrutam de ar fresco e luz do sol.

Efeitos escolares

Crianças que ficam dentro de casa por muito tempo sofrem consequências no desempenho escolar também. Brincar e passar tempo ao ar livre aumenta habilidades imaginativas, criatividade e habilidades de pensamento crítico. As crianças que costumam ficar em ambientes fechados tendem a ter menor pontuação em escrita, leitura e exames de pensamento crítico. Elas também obtêm menos pontuação em exercícios de audição e matemática.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media