Com enfaixar uma ferida na pata de um coelho

Escrito por rebecca mayglothling | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Com enfaixar uma ferida na pata de um coelho
Enfaixar a pata de um coelho pode exigir mais de uma tentativa (floppy eared rabbits image by Ken Marshall from Fotolia.com)

As feridas na pata de um coelho de estimação são referidas como "feridas dos jarretes" (pododermatite ulcerativa). "Jarretes" em um coelho equivalem aos tornozelos em um humano. A pododermatite ulcerativa pode ser causada por um assoalho impróprio de gaiola, obesidade do coelho, artrite ou pelagem insuficiente nas almofadas do pé. Enfaixar a pata de um coelho requer duas pessoas e paciência porque será necessário virar o coelho de cabeça para baixo e os coelhos em geral não gostam de tirar seus pés do chão.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Veterinário
  • Creme antibiótico
  • Compressas de gaze macias
  • Material de bandagem elástico
  • Tesoura
  • Fita adesiva médica

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Leve o coelho ao veterinário para avaliação, especialmente se as feridas estiverem abertas. Peça-lhe um conselho sobre a aquisição de cremes antibacterianos para as feridas do coelho.

  2. 2

    Aplique o creme antibiótico às feridas enquanto um assistente segura o coelho de cabeça para baixo. Certifique-se de aplicar o creme em uma camada grossa. Cubra totalmente a ferida.

  3. 3

    Ponha compressas de gaze macias sobre a ferida. O creme ajudará a segurar a gaze, mas complete rapidamente as etapas seguintes para reduzir o estresse de um coelho nervoso.

  4. 4

    Comece pela parte detrás dos artelhos do coelho e aplique o material de bandagem elástico. Enfaixe o pé com esse material e por sobre a gaze. Continue enfaixando até o material alcançar o tornozelo. A parte de cima da pata será completamente coberta depois de concluída essa etapa.

  5. 5

    Continue o enfaixamento até cerca de 1,25 cm na perna, deixando exposto o osso do tornozelo. O enfaixamento precisa ser flexível, de modo que não caia, e um tornozelo que fica exposto ajudará na flexibilidade do curativo.

  6. 6

    Corte o curativo com tesoura e fixe-o com fita adesiva médica. Certifique-se de que a fita adesiva não prendeu de alguma forma os pelos do coelho. Esta puxará seus pelos, causando-lhe mais dor.

Dicas & Advertências

  • Certifique-se de checar a bandagem com frequência durante algumas horas após o enfaixamento. Se a perna ou a pata estiverem vermelhos ou inchados, a bandagem está muito apertada. Desenfaixe e solte-a. Refaça este curativo sobre a ferida uma vez por semana, ou caso o curativo fique úmido.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível