Como ensinar uma criança com dificuldades de aprendizagem a subtrair frações

Escrito por stephen hart | Traduzido por débora santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ensinar uma criança com dificuldades de aprendizagem a subtrair frações
Fornecer oportunidades contínuas para se praticar a subtração de frações irá render uma grande quantidade de aprendizagem (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

A subtração de frações pode ser bastante frustrante para alunos com dificuldades de aprendizagem. Felizmente, pesquisas forneceram estratégias comprovadamente eficazes para ajudar os alunos com dificuldades de aprendizagem a dominar essa matéria. Para esses alunos, o ensino deve ser focado e intenso, e seu progresso deve ser acompanhado de perto, para que a instrução possa ser ajustada quando houver necessidade.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    identifique todas as habilidades deficientes que são necessárias para a subtração de frações. Essas habilidades incluem encontrar um denominador comum, multiplicação, subtração, divisão e simplificação ou redução de frações. As habilidades deficientes podem ser identificadas através da prática de problemas que foquem nessas questões específicas. Por exemplo, para identificar uma deficiência em encontrar um denominador comum, um professor pode pedir ao aluno para encontrar o denominador comum entre as frações 4/5 e 1/3. Se o aluno não conseguir achar a resposta, então essa é uma habilidade deficiente.

  2. 2

    Crie uma atividade instrucional de análise de subtração de frações baseada nas habilidades deficientes identificadas e dê essa tarefa ao aluno. Uma tarefa de análise é um processo segmentado explicando como completar a atividade. Se um aluno possui várias habilidades deficientes, então uma tarefa de análise mais profunda será necessária e deverá incluir uma explicação detalhada sobre como concluir cada passo. Isso permite que o aluno trabalhe cada passo e verifique-os à medida que forem concluídos.

  3. 3

    Exemplifique os passos necessários à subtração frações para o aluno com alguns problemas práticos. Use a atividade de análise como um guia para resolver os problemas, pensando em voz alta e checando frequentemente a compreensão.

  4. 4

    Dê problemas práticos e guiados até que o aluno seja capaz de fazê-los por conta própria. Permita que ele pratique a subtração de frações diferentes, enquanto o professor corrige erros e responde a perguntas quando for necessário. Continue esse processo até que o aluno seja capaz de resolver alguns problemas com sucesso, sem qualquer ajuda.

  5. 5

    Dê ao aluno de dez a 15 problemas para ele resolver por conta própria, sem qualquer orientação. Incentive-o a fazer anotações durante a atividade em relação aos problemas que estão confusos ou que precisam de uma ajuda extra. Forneça um feedback para esses problemas quando a atividade estiver concluída.

  6. 6

    Dê ao aluno mais dois ou três problemas extras todos os dias para os próximos dias. Forneça um feedback e corrija os erros à medida que ocorrerem. Com o passar do tempo, dê problemas adicionais uma vez por semana e então algumas vezes por mês, desde que o domínio sobre o assunto continue sendo demonstrado. Isso irá garantir uma retenção a longo prazo da habilidade.

Dicas & Advertências

  • Se o aluno não conseguir ter sucesso ao subtrair frações seguindo o processo de aprendizagem, exemplifique o processo novamente. Continue monitorando o progresso dele de perto para garantir uma retenção a longo prazo da habilidade deficiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível