Computadores e eletrônicos

Como entender e criar fluxogramas simples de algoritmos.

Escrito por grant d. mckenzie | Traduzido por luis gustavo coutinho do rego
Como entender e criar fluxogramas simples de algoritmos.

Fluxograma simples

No mundo do desenvolvimento de softwares, fluxogramas têm sido utilizados há décadas para representar graficamente os algoritmos que programadores desejam converter em código. Um determinado conjunto de símbolos é usado para ilustrar o que acontece em cada passo do algoritmo. Os dois grupos principais de símbolos que serão utilizados em fluxogramas simples são os de manutenção gráfica e os de fluxo do processo. O primeiro conjunto é usado para deixar o gráfico mais fácil de ler e acompanhar, enquanto o segundo é usado para realmente descrever o algoritmo que esta sendo traçado.

Nível de Dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Seu algoritmo
  • Software de fluxograma, software gráfico ou lápis e papel

Lista completaMinimizar

Instruções

    Criando fluxogramas para algoritmos

  1. 1

    Crie um terminador para começar o algoritmo. O símbolo padrão para isso é um bloco em forma de cápsula com uma seta que vem da parte inferior e a palavra "Início" escrita dentro da cápsula.

  2. 2

    Use retângulos para representar ações tomadas no algoritmo. Se passos alternados são usados, desenhe retângulos arredondados para esses. Cada passo deve ter uma seta saindo e uma seta entrando, a não ser que esse passo seja parte de um "loop". Um paralelogramo indica a exigência de uma entrada/saída.

  3. 3

    Use losangos para representar pontos de decisão. Pode haver qualquer número de opções de escolha em um ponto de decisão, mas deve haver uma seta para cada um que esteja saindo do bloco. Legende essas setas claramente para não haver confusão.

  4. 4

    Use conectores se os gráficos ficarem muito grandes. Uma seta larga com um número dentro indica que o gráfico continua na página de número equivalente ao da seta. Um círculo com uma letra dentro é usado para conectar duas partes do gráfico. Deve haver outro conector em algum lugar no gráfico com a mesma letra dentro para poder conectar.

  5. 5

    Determinar quais símbolos especiais seu algoritmo precisa e incluí-los quando apropriado. Os fluxogramas mais simples somente requerem símbolos já descritos, mas também existem símbolos para os vários tipos de armazenamento, para documentação e para exposições. Para algoritmos mais complexos, ainda existem símbolos mais específicos.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media