Mais
×

Escala federal de salários da construção civil

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A indústria da construção oferece diversas opções de trabalho. Alguns exigem graduações ou pós-graduações, enquanto outros simplesmente exigem força física e um diploma de ensino médio. Quem trabalha na construção civil desempenha um papel na criação ou destruição de edifícios ou outras estruturas. Os salários na indústria da construção variam de acordo com a experiência, o empregador e a função.

Há trabalhos de construção disponíveis em todos os 50 estados americanos (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Salário de operário de construção

Operários de construção são encontrados em quase todo local de trabalho de construção. Eles realizam a maior parte dos trabalhos manuais em um projeto desse tipo. De acordo com o US Bureau of Labor Statistics (escritório de estatísticas dos operários dos Estados Unidos), o salário médio anual para os trabalhadores da construção, em 2010, foi de R$ 67.180,00 e o salário anual médio foi de R$ 58.560,00. 10% dos operários com menor salários ganhavam R$ 37.140,00 ou menos, enquanto 10% dos operários mais bem pagos ganhavam R$115.040,00 ou mais. 50% cento dos operários com salários médios ganhavam entre R$ 45.460,00 e R$ 79.700,00.

Salário por hora de um operário de construção

Muitos trabalhadores de construção são pagos por hora. De acordo com o BLS (escritório de estatísticas dos operários dos Estados Unidos), a média de salário por hora para trabalhadores de construção, em 2010, foi de R$ 32,30; enquanto que o salário médio por hora foi de R$ 28,16. 10% dos operários com menor salários ganhavam R$ 17,86 ou menos, enquanto que 10% dos operários mais bem pagos ganhavam R$55,32 ou mais. 50% dos trabalhadores com salários médios ganhavam entre R$ 21,86 e R$ 38,32 por hora, em 2010.

Outros salários da construção

De acordo com o BLS, gerentes da construção ganhavam uma média de salário por hora de R$ 76,78 em 2010. Encanadores e instaladores de tubulação ganhavam um salário médio por hora de R$ 43,88, enquanto eletricistas ganharam um salário médio por hora de R$ 44,64. Carpinteiros ganhavam um salário médio por hora de R$ 37,44, enquanto pintores ganhavam R$ 31,70 por hora, em média. Pedreiros e serventes ganhavam um salário médio por hora de R$ 33,74; enquanto engenheiros e outros operadores de equipamentos de construção ganhavam em média R$ 37,76 por hora. Instaladores de sistemas de aquecimento, ar-condicionado e refrigeração ganhavam um salário médio por hora de R$ 39,16, em 2010.

Perspectivas de emprego

As perspectivas de emprego para a indústria da construção civil em geral é positiva. O BLS espera um crescimento de 19% em oportunidades de emprego até 2018, o que é maior do que a taxa média de crescimento de 11% para todas as indústrias. Os empregos incidirão em torno da construção de novos edifícios e reforma dos mais velhos. Aqueles com mais experiência e especializações terão as melhores oportunidades de trabalho.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article