×
Loading ...

Como escrever uma carta de demissão por motivos pessoais

Atualizado em 17 abril, 2017

Os motivos pelos quais você se demite são menos importantes do que a formulação de sua carta de demissão. Se você conseguiu outro emprego com melhor remuneração ou se não suporta seu supervisor atual, é tentador escrever uma carta ríspida e honesta. Infelizmente, essas demonstrações de sinceridade o assombrarão no futuro, durante uma conferência da associação industrial ou quando precisar de uma referência para potenciais clientes. Você nunca sabe de quais pontes precisará no futuro, sendo assim, poupe o seu discurso e deixe a empresa graciosamente e sem desavenças.

Instruções

Uma demissão raivosa ou negativa faz com que você pareça impulsivo e pouco profissional (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)
  1. Aborde seu supervisor ou representante designado do setor de recursos humanos com uma saudação profissional, como "Prezado Sr. José da Silva".

    Loading...
  2. Escreva uma ou duas frases breves informando a sua decisão de se demitir e quando pretende deixar a empresa. Um exemplo é "Por favor, aceite minha carta de demissão do cargo de Diretor Adjunto de Vendas da Região Sul. Meu último dia de trabalho nessa empresa será dia [ trinta dias, de acordo com a legislação, é o prazo de aviso necessário]". Algumas empresas podem dispensá-lo do cumprimento do aviso por cortesia profissional.

  3. Escreva um novo parágrafo declarando, em poucas frases, que o seu pedido de demissão é devido a motivos pessoais. Inclua especificidades somente se suas razões forem verdadeiramente pessoais, como a doença de um dos pais, um novo trabalho do cônjuge ou seu retorno aos bancos escolares. " Minha demissão de meu cargo atual é devida ao meu desejo de prosseguir meus estudos em nível de pós-graduação" Se as suas razões forem mais controversas, basta escrever: "Minha renúncia à minha posição atual é por motivos pessoais". O parágrafo deve ter no máximo três ou quatro linhas. Não é necessário detalhar longamente uma batalha familiar para retornar à sua cidade de origem do outro lado do país.

  4. Conclua sua carta com uma nota positiva de gratidão, mesmo que não seja esse o seu sentimento atual. Use o exemplo: "Quero agradecer a todos pelas experiências de aprendizagem que tive nessa empresa. Apreciei ser parte do grupo de funcionários do [nome do departamento ou divisão] e trabalhar com [nome do supervisor]". Seja breve, mas otimista, e abstenha-se de fazer comentários negativos sobre seus colegas de trabalho, a organização ou o seu supervisor.

Loading...

Dicas

  • Familiarize-se com a política de demissão de sua organização para que possa reunir seus pertences pessoais, se necessário. Cargos que lidam com dados confidenciais requerem que se desocupe o local de trabalho imediatamente após a apresentação de um pedido de demissão para evitar vazamento de informações.

Aviso

  • Envie seu pedido de demissão quando estiver calmo. Mesmo a carta mais diplomaticamente redigida deixará um gosto amargo na boca do seu supervisor se você jogá-la sobre a mesa e sair batendo a porta.
  • Abstenha-se de discutir sua demissão com colegas de trabalho caso as razões de sua saída incluam pessoas ou políticas da empresa. Mesmo que eles já estejam cientes dessas questões, esse não é o momento de retomar ou detalhar o assunto.
  • Não fale mal da organização ou de seus funcionários, mesmo em e-mail ou bate-papo instantâneo. A privacidade é limitada em um computador corporativo.

Referências

Loading ...
Loading ...