Como fazer uma espada romana

Escrito por tom pace | Traduzido por ilve maria
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma espada romana
Manter a exatidão pode ser difícil com armas e armaduras romanas (Comstock/Comstock/Getty Images)

Caso esteja fazendo uma espada romana para uma reconstituição, produção teatral ou simplesmente para acrescentar um pouco de história à sua coleção, você provavelmente irá preferir que ela seja, ao menos, uma cópia realista. É difícil definir os comprimentos das lâminas utilizadas na maioria das representações artísticas que surgiu ao longo da história. A maioria das pessoas nunca teve acesso a exemplos autênticos das espadas. Felizmente, um estudo acadêmico sobre armas e armaduras chegou a um bom entendimento sobre o comprimento da lâmina das espadas durante o período romano.

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Faça uma espada romana do período da Idade do Ferro, como as espadas encontradas nas culturas celtas, incluindo aquelas associadas à Grã-Bretanha até o reinado da rainha Boudica. Na Itália pré-romana, essas espadas possuíam alças, parecidas com antenas, e contavam com dois tipos de lâmina. Espadas afiadas tinham lâminas com cerca de 65 cm, enquanto as lâminas das lanças, 35 cm.

  2. 2

    Faça a espada do início da República Romana, no período após as armas contemporâneas da Grécia, com as duas culturas compartilhadas e desenvolvendo em conjunto grande parte de sua tecnologia bélica. As lâminas eram tipicamente feitas de bronze, mas eventualmente eram de ferro e, frequentemente, feitas dos dois materiais. Inicialmente, a espada mais popular foi a kopi, que continha uma lâmina com cerca de 61 cm feita de bronze. As lâminas da kopi tinham uma curvatura para frente, semelhante a uma falcata. A outra espada da época era a favorita pelos hoplitas. A espada hoplita possuía o mesmo comprimento que uma kopi, embora tivesse uma lâmina reta que se alongava da ponta.

  3. 3

    Diferencie os estilos e as utilidades das espadas desde o período imperial. As espadas primárias desta época eram as gladius hispaniensis (geralmente chamada de "gladius"), que foram populares desde a época de Alexandre, o Grande, e "spatha", sua substituta, que se tornou proeminente em torno de 100 d.C. A gladius possuía uma lâmina em forma de folha, com cerca de 49,5 cm a 55 cm, devendo ser portada na perna direita. A spatha foi a precursora das espadas medievais usadas pela cavalaria e tinha uma lâmina reta de 65 cm a 70 cm, embora um dos exemplares descobertos fosse uma lâmina de 80 cm. Com a forma relativamente uniforme, a largura da lâmina da spatha tinha cerca de 4 cm.

  4. 4

    Faça um braço lateral, criando uma adaga de aparência semelhante à da gladius. A pugio tinha uma lâmina com cerca de 22 cm e foi utilizada na maior parte da Era Romana.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível