Mais
×

Como eviscerar um porco selvagem

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A carne de porco selvagem é saborosa e magra. De modo geral, os porcos menores são a melhor aposta para a mesa. Eviscerar e esfolar é importante se você quer comer um porco selvagem. Após a evisceração e esfola, deixe o porco ficar pendurado por um tempo. Para uma carne de melhor qualidade, deixe-o assim por um bom tempo. O porco é mais difícil de esfolar que o veado e é geralmente mais fácil fazer isso antes de deixar o animal pendurado por um longo tempo. Para salsichas saudáveis e magras, tente misturar porco selvagem com carne de veado. Porcos são bons animais de caça -- divertidos de caçar e também saborosos sobre a mesa.

Instruções

Porcos selvagens são um desafio para caçar e mais difícil de eviscerar que o veado (All Images by Daniel Ray)
  1. Consiga toalhas de papel e água para limpeza após a evisceração. Se você estiver usando uma jaqueta de mangas compridas ou camisa, retire-a para evitar fazer uma bagunça.

  2. Faça um corte circular em torno do ânus do porco com uma faca. Corte profundamente da pelve até o ânus. Se o porco é macho, corte o pênis e os testículos e também a uretra perto do ânus. Se é fêmea, inclua as genitais quando cortar o ânus. Esta área deve ser puxada através da abertura pélvica quando os intestinos forem removidos.

  3. Faça um pequeno corte na parede abdominal, tomando cuidado para não perfurar os intestinos. Trabalhe lentamente, puxando a parede do intestino e com a lâmina de corte da faca voltada para cima. Corte a parede abdominal desde a parte inferior da caixa torácica até a pélvis.

  4. Divida a caixa torácica, cortando-a ao lado do esterno se o porco for pequeno. Continue o corte na medida acima do pescoço. Se o porco for grande, as costelas podem ser difíceis de separar. Se for esse o caso, continue o corte sobre a caixa torácica, cortando apenas a pele. Quando você passar pela caixa torácica, continue cortando profundamente ao lado da traqueia, o mais alto possível até o pescoço.

  5. Corte a traqueia de um grande porco tão alto quanto possível; em seguida, corte ao redor dela onde entra na parte superior do tórax. Isso é semelhante ao corte do ânus -- a traqueia deve ser puxada quando os órgãos forem removidos. Repita o procedimento acima se for um pequeno porco.

  6. Corte o diafragma de modo que os órgãos internos possam ser removidos. Chegue até a cavidade torácica e agarre a traqueia e os órgãos. Em seguida, puxe-os para fora da cavidade torácica. Corte qualquer tecido conjuntivo que impeça os órgãos de saírem. O diafragma pode ter de ser cortado de novo para permitir a remoção completa. Continue puxando até que todos os órgãos do tórax e intestinos sejam removidos. Trabalhe lentamente e tente não perfurar o intestino ou bexiga. A pilha de intestino deve incluir tudo, desde a traqueia até o ânus.

  7. Vire o peito do porco para baixo para deixar o sangue escorrer. Quando terminar, use toalhas de papel e água para limpar o sangue.

Dicas

  • Use o dedo indicador para orientar a faca. Coloque o dedo ao longo da espinha da lâmina e corte lentamente. Pode ser difícil identificar o que é cada coisa quando o sangue cobrir tudo.
  • Pulverize água na cavidade do corpo se os intestinos ou bexiga estiverem danificados e derramarem seu conteúdo dentro do animal.

Aviso

  • Tenha cuidado ao fazer a evisceração. Os primeiros cortes podem ser perigosos.

O que você precisa

  • Toalhas de papel
  • Água
  • Faca
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article