Exercícios de memorização

Escrito por david b. ryan | Traduzido por randhal wendel
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercícios de memorização
O desenvolvimento da memória é resultado de uma prática padronizada (blue brain image by John Sfondilias from Fotolia.com)

Exercícios de memória não desenvolvem o cérebro, mas simplesmente expandem a capacidade mental disponível, de acordo com os Serviços Acadêmicos de Estudantes na Universidade Politécnica da Califórnia. Os cientistas pensavam que o declínio gradual da memória era um processo normal de envelhecimento e que, uma vez mortas as células cerebrais, elas não eram substituídas. Novos estudos relatados no Instituto Franklin agora sustentam a teoria de que novas células cerebrais podem ser ativadas à medida em que as células mais velhas morrem.

Outras pessoas estão lendo

Dispositivos mnemônicos

O Laboratório de Cognição Aplicada da NASA demonstra os elementos básicos de exercícios de memorização usando técnicas mnemônicas. Os exercícios envolvem fazer uma lista de elementos individuais que exigem memorização. A lista pode incluir itens de supermercado ou eventos importantes que antecederam a Guerra Civil Americana. Cada item é então reduzido a uma palavra-chave, e, em seguida, a lista é abreviada para as primeiras letras de cada palavra. Por exemplo, os itens de supermercado podem ser bananas, acelgas, rúcula, beterrabas e alho. A redução mnemônica para esta lista é "barba". A palavra fornece um exercício rápido de memória que reduz a lista a uma única palavra fácil de lembrar. Além de listas de compras, exercícios que utilizam esse dispositivo incluem o agrupamento de tarefas importantes em um dia e a listagem de destinatários de cartões postais. Uma listagem mais complexa envolve a redução dos itens, usando as letras iniciais, e depois a organização da lista de acordo com a data ou importância. Os idosos, com longas listas de netos, e até bisnetos, podem se beneficiar do uso deste exercício de memorização.

Memória visual

Qualquer criança que se diverte com os enigmas visuais de "Onde está o Wally?" usa os elementos básicos de um exercício de memorização de memória visual. Nesse jogo infantil, você deve procurar por uma série de personagens de desenhos animados escondidos em imagens comuns. O enigma fornece o número total de personagens errantes que o leitor deve encontrar. Exercícios para adultos incorporam o mesmo conceito, mas intensificam a sofisticação, incluindo objetos que devem ser escolhidos com base na função. Por exemplo, botas de neve podem ser retratadas sob uma cama em uma imagem fotográfica de um quarto em um dia ensolarado com uma árvore cheia de folhas do lado de fora da janela. A habilidade de memória envolve a seleção do item que é inconsistente na imagem — botas de inverno, obviamente, não correspondem a uma árvore com folhas. Relacionar duas fotos é outra variação desse exercício de memória. Uma imagem é mostrada por um ou dois minutos e, em seguida, uma segunda imagem requer que o observador aponte quais objetos foram removidos da imagem original.

Apreender fatos

O Escritório Administrativo dos Tribunais do Conselho Judicial da Califórnia recomenda diversos exercícios de memorização aos repórteres do tribunal. Um deles inclui uma atividade na qual o participante lê ou ouve uma longa história. Uma vez que a informação é apresentada, o sujeito deve colocar os acontecimentos na ordem exata em que aconteceram. A verificação de fatos envolve a conferência da história para confirmar a ordem correta. Variações deste exercício de memorização incluem recordar os nomes e sobrenomes de pessoas na história. Praticar esse exercício melhora a atenção aos detalhes em atividades da vida real.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível