Fabricantes de violinos alemães dos séculos 16 e 17

Escrito por jason powers | Traduzido por lean pereira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fabricantes de violinos alemães dos séculos 16 e 17
Embora a Itália seja mais famosa quando se trata da fabricação de violinos, a Alemanha também possui seu destaque (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

O violino moderno evoluiu a partir de instrumentos medievais como a viola da gamba, o alaúde e a rabeca. Não foi até a primeira metade do século 16 que o violino moderno apareceu pela primeira vez no norte da Itália. O verdadeiro inventor ainda é desconhecido, mas a maioria dos estudiosos dão o crédito a Andrea Amati, de Cremona. Inicialmente um instrumento de baixo status, somente no século 17 que o violino foi incorporado às óperas e orquestras. Por essa razão, os mais notáveis fabricantes de violinos estiveram presentes nos séculos 17 e 18.

Outras pessoas estão lendo

Fabricantes alemães do século 16

Há alguns fabricantes da Alemanha do século 16 que, embora não fabricassem o violino, produziam instrumentos como a viola da gamba e o alaúde. Seu trabalho pavimentou o caminho para a chegada da fabricação de violinos na Alemanha a partir da Itália no início do século 17. Estes outros instrumentos continuaram a ser fabricados nos séculos 17 e 18, concorrendo com os violinos, mas no fim o violino tomou o domínio à medida em que crescia seu status no mundo da música. Estes artesãos alemães pré-violinos incluem M. Felden, Hans Fichtold, Johann Gerle, L. Possen, Johann Kohl e Johann Meusidler.

Jacob Stainer

Stainer (1621-1683), de Absam, é o mais celebrado fabricante de violino alemão e também o primeiro do mundo fora da Itália. Seu trabalho fundou as bases de gerações de fabricantes alemães. Há rumores, os quais ainda permanecem sem provas, de que ele foi estudante de Niccolò Amati na Itália. No entanto, o estilo de Amati não é percebido no trabalho de Stainer. Ele foi designado como um dos servos de um arquiduque na Áustria em 1658, e depois se tornou fabricante de violinos na corte do imperador. Acusado de heresia pelos jesuítas, ele foi aprisionado e sua carreira foi destruída. Stainer morreu pobre e insano, deixando uma viúva e oito filhas.

Família Albani

Mathias Albani (1621-1673) e seu filho Mathias (cerca de 1650-1712) viveram em Botzen. O estilo de fabricação de violinos do ancião lembra o de Stainer, mas com uma construção mais pesada. O segundo Mathias Albani foi treinado inicialmente por seu pai, mas dizem que tomou a estética italiana das construções do conhecido fabricante italiano Niccolò Amati.

Família Klotz

Os membros da família Klotz, de Mittenwald, estiveram entre os mais notórios fabricantes de violinos alemães dos séculos 17 e 18. Mathias Klotz (1653-1743) estudou a fabricação com Niccolò Amati e Jacob Stainer. Ele fabricou violinos mais tarde no século 17. Mathias treinou seus três filhos, Georg I (1687-1737), Sebastian I (1696-1775) e Johann Carol (1709-1769) na arte. Eles continuaram o legado da família no século 18, sendo seguidos por seus filhos.

Família Tielke

O ancião Johann Tielke (cerca de 1539-1592), de Hamburgo, era conhecido como um extraordinário fabricante de violões e alaúdes, produzindo elaborados instrumentos com ornamentações em prata, ouro e pedras preciosas. Seu filho Johann se tornou um fabricante de violas da gamba e violinos mais tarde no século 17. Há instrumentos cobrindo mais de um século e meio com a assinatura Tielke, evidência de um legado de pelo menos duas, se não três gerações na fabricação de instrumentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível