Fatores que influenciam o nível de atividade econômica

Escrito por justin beach | Traduzido por augusto morgante
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatores que influenciam o nível de atividade econômica
Quanto maior for a frequência com que o dinheiro muda de mão, mais aquecida estará a economia (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

A atividade econômica pode ser vista como um ciclo, ou uma série de ciclos. Uma empresa remunera a seus empregados, os empregados gastam dinheiro para comprar bens e serviços, as empresas de quem eles compram remuneram a seus empregados para que possam comprar mais bens e serviços, e assim sucessivamente — os ciclos se repetem sem parar. A cada vez que o dinheiro troca de mãos, realiza-se uma atividade econômica e, quanto mais atividade econômica houver, mais pujante se torna a economia. Se um número suficiente de pessoas pouparem dinheiro, ao invés de gastá-lo ou investi-lo, isso causa um desaquecimento econômico que inverte o ciclo; as pessoas param de gastar, as empresas ganham menos dinheiro e, assim, também passam a gastar menos. No final das contas, essa situação pode levar até mesmo a uma recessão. Uma série de fatores pode fazer com que as pessoas passem a gastar menos.

Outras pessoas estão lendo

Nível de emprego

O nível de emprego é obviamente um fator determinante na atividade econômica. Quando as pessoas ficam desempregadas e sem renda, elas param de gastar e, da mesma maneira, quando conseguem um novo emprego, um aumento de salário ou uma bonificação, passam a gastar mais dinheiro. A confiança dos empregados na manutenção de seus empregos também é importante. Se um indivíduo está empregado, mas não acredita que conseguirá manter-se assim, ele tende a poupar ao invés de gastar. O mesmo tipo de pensamento se aplica às empresas. Se uma empresa experimenta um aumento repentino em seus lucros, ela fica mais inclinada a gastar e investir, mas, se sofre uma queda abrupta de renda, tende a gastar menos.

Confiança

A crença dos empregados e das empresas na manutenção de suas situações atuais de emprego e renda não é a única maneira com a qual a confiança afeta a atividade econômica. A confiança na economia como um todo também exerce uma função importante, e pode ser afetada por uma série de fatores. Notícias positivas ou negativas sobre gastos, emprego ou outros indicadores econômicos desempenham um relevante papel na formação da confiança popular na economia. Se uma pessoa ou empresa possui alta renda proveniente de investimentos, baixo endividamento e uma poupança considerável, tenderá a se sentir mais confortável ao gastar dinheiro.

Eventos positivos e negativos

Eventos regionais, nacionais ou internacionais de grande porte podem também exercer influência sobre a atividade econômica. Acontecimentos positivos, como o Natal, a Copa do Mundo ou os Jogos Olímpicos podem ocasionar um aumento nos gastos dos consumidores. Por sua vez, eventos negativos como desastres naturais ou um conflito internacional podem gerar receio, nervosismo e desaquecimento da atividade econômica. Naturalmente, os efeitos causados por tais eventos são complexos. Por exemplo, os trabalhos de reconstrução que se seguem a uma guerra ou desastre natural geram um rápido aumento da atividade econômica. Os gastos em equipamentos militares durante um conflito também são uma das principais causas de aquecimento da atividade econômica.

Outros fatores

Os preços, as taxas de juros e os tributos também podem exercer impacto sobre a atividade econômica; no entanto, isso depende muito do nível de confiança. Preços, tributos ou juros mais baixos fazem com que se sobre mais dinheiro à disposição das pessoas e empresas, de maneira que fazer compras ou tomar empréstimos se torna mais atraente. Se o nível de confiança geral é mais baixo, porém, eles podem preferir poupar esse dinheiro ao invés de gastá-lo. Preços, tributos e taxas de juros mais altos induzem algum nível de atividade econômica, porque as pessoas e empresas passam a ter poucas escolhas na hora de pagar os tributos e dívidas e também porque necessitam adquirir alguns bens. Preços, tributos e taxas de juros elevados, contudo, farão diminuir as compras opcionais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível