Fatos sobre a civilização do Rio Amarelo

Escrito por alex saez | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatos sobre a civilização do Rio Amarelo
A vida era difícil durante os primeiro dias da civilização do Rio Amarelo (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

As civilizações não surgem de uma hora para a outra. Todas as sociedades avançadas que povoam o mundo moderno têm origens humildes. A civilização do Rio Amarelo não é exceção. Como todas as outras sociedades, se esforçava para se estabelecer e encontrar um espaço em um mundo hostil e turbulento. Infelizmente, nem todas as civilizações são capazes de resistir ao tempo. Ainda assim, a civilização do rio Amarelo desempenhou um papel significativo, tanto como fonte de informação quanto como força motriz no desenvolvimento do mundo moderno.

Outras pessoas estão lendo

Origens

O rio Amarelo é um grande rio chinês. Foi nessa área comum, chamada de Vale do Rio Amarelo, que a cultura do Rio Amarelo surgiu pela primeira vez, tornando-se depois a civilização do Rio Amarelo. Em 4000 a.C. as populações começaram a se estabelecer na região e a praticar a agricultura, com isso o arroz se tornou uma cultura importante. A tecnologia se limitava a ferramentas de pedra, que as pessoas utilizavam tanto para a agricultura quanto para a caça. Restos de animais encontrados na região do Rio Amarelo indicam que domesticar animais era uma prática comum. Infelizmente, os arqueólogos sabem muito pouco sobre a história do grupo, pois não existem registros escritos para fornecer informações mais aprofundadas sobre o assunto.

Desenvolvimento

Embora a cultura do rio Amarelo fosse pouco mais que uma sociedade tribal, a civilização do rio Amarelo surgiu durante a Dinastia Shang, de 1766-1050 a.C. Por esse motivo, as pessoas desta civilização também são chamadas de Shang. Ao contrário dos seus antecessores, os Shang deixaram muitos registros escritos que ensinaram aos historiadores bastante sobre o passado daquela cultura.

Estrutura

A civilização rio Amarelo era tudo, menos livre ou coesa. O rei detinha o poder absoluto sobre tudo, incluindo a religião, a economia e os militares. A sociedade Shang consistia de várias cidades-estado, cada uma controlada por um líder em uma cidade capital. No entanto, a guerra constante e as mudanças de poder fizeram com que o rei/líder e as capitais mudassem regularmente. Embora as cidades-estados lutassem entre si às vezes, as hostilidades da civilização do rio Amarelo foram principalmente dirigidas contra os povos chineses do norte.

Tecnologia

Uma coisa que diferenciava a civilização do rio Amarelo de suas antecessoras era a que existia na Idade do Bronze, quando as ferramentas de bronze e armas foram amplamente produzidas. Os Shang não inventaram o trabalho em bronze – ele foi desenvolvido muito antes na Mesopotâmia – mas se aproveitaram da tecnologia que era significativamente melhor do que as ferramentas de pedra bruta. Ainda mais importante foi a utilização da escrita. A civilização do rio Amarelo foi a primeira cultura chinesa a usar essa tecnologia. Inscrições em bronze e ossos têm revelado muito sobre o Shang e sobre as civilizações iletradas que vieram antes dela. Originalmente, sua escrita era pictográfica: as palavras eram indicadas por imagens. Mais tarde, ela acabou se tornando a escrita chinesa moderna que conhecemos hoje. No entanto, a escrita chinesa ainda contém partes de suas raízes pictográficas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível