Fertilização in vitro - protocolos de estimulação

Escrito por leanne clute | Traduzido por sara cavenaghi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fertilização in vitro - protocolos de estimulação
A fertilização in vitro é usada para ajudar mulheres a engravidar (pregnant image by Cora Reed from Fotolia.com)

A fertilização in vitro (FIV) é o processo de incubação de ovos e esperma em uma placa de Petri e, em seguida, inserção dos óvulos novamente na paciente. A FIV é comumente usada quando um casal está tendo dificuldade de engravidar por conta própria. Mulheres que escolhem um doador de esperma para engravidar também podem usar a fertilização in vitro. O primeiro passo para FIV é a retirada de óvulos do doador do sexo feminino. Vários protocolos de estimulação são usados para aumentar o número de óvulos que a mulher produz (de um para oito e, depois, 10) e que são necessários para obter os melhores resultados na FIV.

Outras pessoas estão lendo

Protocolo de estimulação Lupron

A estimulação ovariana Lupron é a mais comumente usada nos Estados Unidos para ajudar na retirada de óvulos. O processo combina uma droga GnRH, chamada Lupron, com um hormônio de estimulação do folículo (HEF), para aumentar o número de óvulos liberados durante a ovulação. Lupron é iniciado pela paciente, sete dias antes do início do seu ciclo menstrual. Os ovários são monitorados por um ultrassom para ver os ovos maduros. Quando pronto, o HEF é feito para estimular a libertação dos ovos. Isso acontece entre dois e sete dias após o ciclo menstrual de uma mulher. Para melhores resultados, os médicos visam recuperar um mínimo de três a quatro ovos que têm de 14 mm a 20 mm de diâmetro. O processo de estimulação leva entre oito e 10 dias. A Gonadotopina Coriônica Humana (GCH) é a droga final utilizada no protocolo de estimulação Lupron. Essa aplicação vai induzir os ovos a amadurecer totalmente e aumentar os níveis de estrogênio para que os folículos liberem os ovos. Os ovos são recuperados entre 24 e 36 horas após o GCH ser injetado.

Protocolo antagonista de fertilização in vitro

Se uma mulher é incapaz de produzir ovos suficientes para a fertilização in vitro utilizando a estimulação ovariana Lupron, um médico poderá tentar o próximo protocolo de FIV antagonista. Um antagonista da GnRH é utilizado para suprimir os níveis de HL (Hormônio Luteinizante) que causa a ovulação. Essas injeções podem ser dadas a cada quatro dias, para que os ovos tenham a chance de amadurecer antes de ser liberados pelos folículos. O HEF é injetado diariamente durante sete a 12 dias, a fim de aumentar a produção de ovos. Devido ao fato que este processo é menos eficaz que a estimulação Lupron para gerar ovos maduros, os médicos visam recuperar entre oito e 15 ovos. A GCH é, então, injetada para aumentar a maturação e estimular os folículos, para liberar os ovos para a recuperação.

Estimulação da flora e microflora

A opção final para a fertilização in vitro é a estimulação da flora ou microflora. As mulheres que foram incapazes de produzir com sucesso os óvulos maduros necessários usando outros protocolos de fertilização in vitro usam essa opção como último recurso na tentativa de engravidar. As mulheres que são mal sucedidas utilizando outras técnicas de estimulação são, tipicamente, mais velhas ou, por algum outro motivo, têm um baixo número de ovos disponíveis. Primeiramente, pílulas anticoncepcionais serão prescritas por um mês antes de iniciar a estimulação. Estas fornecem hormônios necessários para aumentar a ovulação e uma data específica para o início da ovulação. No segundo dia do ciclo menstrual, o Lupron é injetado. No terceiro dia, começam as injeções de HEF a uma taxa de uma a duas doses por dia. O objetivo final é tirar proveito da queima natural na glândula pituitária, que ocorre durante a menstruação, a fim de estimular os folículos. Uma vez que os ovos atingem a maturidade plena, o que é monitorado por um ultrassom, são recuperados na esperança de ser fertilizados com o esperma.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível