Passatempos

Filmes infantis populares nos anos 60

Escrito por lawrence lannoo | Traduzido por erika f. curto
Filmes infantis populares nos anos 60

Cinemas de bairros tiveram um papel principal no entretenimento infantil dos anos 60

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

As crianças que frequentavam o cinema na década de 60 tinham uma variedade de filmes de fantasia para entretê-los. Muito antes da era dos videogames, DVDs e acesso à internet, as crianças saíam de casa e se reuniam com pipoca e doces em matinês de fim de semana para desfrutar o mais recente filme de entretenimento. Os mais populares desses filmes ainda ressoam nos corações dos adultos de hoje, que peregrinavam aos palácios escuros dos cinemas de seus dias.

Outras pessoas estão lendo

Delícias da Disney

Os filmes dos estúdios da Walt Disney preencheram as telas dos cinemas dos anos 60 com animações e interpretações para as crianças. Entre as animações estão "101 Dálmatas" (1961), "A Espada Era a Lei" (1963) e "Mogli - O Menino Lobo" (1967). Mas a Disney encontrou um sucesso ainda maior com filmes infantis. "A família Robinson" (1960), "O Fantástico Super-Homem" e "Operação Cupido" (ambos de 1961) foram populares com o público jovem, assim como "Se Meu Fusca Falasse" (1968). Mas um dos maiores sucessos da Disney na década de 60 foi "Mary Poppins" (1964). O filme se tornou um candidato ao Academy Awards, ganhando o Óscar de melhor atriz por Julie Andrews, no papel principal.

Animais heróicos

As crianças podiam deixar seus animais de estimação em casa e ainda se divertir com os animais no cinema. "Lassie e Sua Grande Aventura" (1963) apresentava a Collie inteligente, em uma aventura canadense. Para as crianças interessadas em criaturas aquáticas, o golfinho alegre de "Flipper" (1963) e "As Novas Aventuras de Flipper" (1964) foi um popular mamífero no cinema. Elsa, a leoa, esforçou-se para aprender os caminhos da vida selvagem com seus cuidadores humanos em "A História de Elsa" (1966), enquanto Rex Harrison estrelou como um veterinário que podia falar com seus pacientes em "Dr. Dolittle" (1967). "A história de Elsa" e "Dr. Dolittle" ganharam o óscar de melhor canção.

Gigantes vindos de longe

Ray Harryhausen, hoje reconhecido como um pioneiro na animação stop motion, criou alguns de seus trabalhos mais memoráveis ​​em "Jasão e os Argonautas" (1963), com uma estátua de bronze gigante perseguindo os heróis. Devido às limitações de orçamento, os cineastas japoneses da Toho Studios tinham preferência por homens vestidos de monstros pisoteando cenários em miniatura, em filmes como "King Kong vs Godzilla" (1963) e "Godzilla" (1968), que provaram-se muito populares entre as crianças. A Daiei Studios, outra empresa de cinema japonesa, criou um gigante popular, na forma de uma tartaruga para "Gamera - O Monstro Gigante" (1965).

Outros favoritos das crianças

Jerry Lewis estava no auge de sua popularidade com crianças e adultos quando fez "O Professor Aloprado", em 1963. Aproveitando o sucesso da televisão, alguns personagens populares passaram para as telonas do cinema. Adam West e Burt Ward colocaram suas calças apertadas para a versão do cinema de "Batman" e os Monstros viajaram para a Inglaterra em "Monstros, Não Amolem!" (ambos 1966). O último filme foi muitas vezes refilmado, com "The Ghost and Mr. Chicken" (1966), estrelando o favorito das crianças, Don Knotts. Knotts também foi popular em "O Incrível Sr. Limpet" (1964), em que seu personagem se transforma em um peixe e ajuda as forças americanas a encontrar alvos alemães no mar durante a Segunda Guerra Mundial.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media